Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Botafogo?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

Estádio Olímpico João Havelange
Estádio Nilton San
  • País: Brasil
  • Cidade: Rio de Janeiro
  • Capacidade: 44.661

Ver ficha

O Botafogo de Futebol e Regatas nasceu em 1904 pela mão de vários jovens daquele bairro do Rio de Janeiro que eram apaixonados pelo futebol. O primeiro nome dado à equipa foi Electro Club, ideia que rapidamente foi ultrapassada pelo nome do bairro, passando então a equipa a chamar-se Botafogo Football Clube. O clube disputou a sua primeira partida, de carácter amigável, contra o Football and Athletic Club, perdendo por 3-0.

Em 1906 foi criado o Campeonato Carioca – campeonato estatal do Rio de Janeiro – tendo esta primeira edição da prova sido vencida pelo Fluminense com o Botafogo a terminar na 4ª posição. O campeonato de 1906 terminou envolto em polémica, com o Botafogo e o Fluminense em igualdade pontual numa altura em que ainda não havia critérios para a decisão de um caso destes. Este acaso acabou por ser resolvido apenas em 1996 quando o presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro decidiu a divisão do campeonato pelas duas equipas. Assim conquistava o Botafogo o seu primeiro Campeonato Carioca. Quatro anos depois, desta vez sem polémicas, o Botafogo conquistava o seu 2º Campeonato Carioca, feito que voltaria a repetir apenas dois anos depois, em 1912.

Após este título o Botafogo entraria num longo período de jejum marcado por divergências na direcção que repercussões nos jogadores, sendo que alguns acabaram mesmo por trocar o clube por outras equipas rivais, como foi o caso de Nilo que trocou o Botafogo pelo Fluminense, regressando ao clube alvinegro apenas após uma reestruturação directiva. Este fase negra do Botafogo Football Club chegaria finalmente ao fim no ano 0 da década de 1930 quando conquistaram o seu 4º Campeonato Carioca. Este título serviu como rampa de lançamento para o primeiro grande feito do Botafogo – o tetracampeonato carioca, que aconteceu durante  as temporadas de 1932 a 1935. Depois do tetra a equipa não voltou a conseguir superiorizar-se aos principais rivais estatais, voltando a cair para os lugares secundários do Campeonato Carioca.

Em 1942 o acontece um episódio que alterou toda a história do Botafogo Football Club e do Botafogo de Regatas – equipa de remo do bairro que até este ano foi independente do clube de futebol, tendo sido fundada em 1984. Durante um jogo de basquete das respectivas equipas dos dois Botafogo, um jogador do Botafogo Football Club faleceu em campo, o que motivou a união dos adeptos e das direcções selando assim a fusão que há muito vinha sendo falada. Com isto o clube passa a chamar-se Botafogo de Futebol e Regatas, denominação que ainda nos dias de hoje lhe é conhecida. No entanto esta fusão não teria efeitos imediatos dentro das quatro linha dos campos de futebol e o Botafogo apenas voltou a celebrar um título de campeão estatal em 1948 quando se superiorizou ao Vasco da Gama e ao Fluminense, respectivamente 2º e 3º classificados.

mane garrincha

Mané Garrincha, antiga glória brasileira que defendeu as cores do Botafogo entre 1953 e 1965, realizando um total de 614 partidas com 245 golos apontados neste período.

Depois deste regresso aos títulos ingressaram nos planteis do Botafogo craques como Mané Garrincha, Nílton Santos e Dino da Costa, impulsionando assim toda a equipa para mais uma fase gloriosa da sua história que se iniciou em 1957 com a 10ª conquista do Campeonato Carioca. A glória voltaria a repetir-se em 1961 e 62 sendo este o primeiro bi-campeonato da história do clube. Este feito voltaria a repetir-se poucos anos mais tarde nas temporadas de 1967 e 1968. Neste último ano o Botafogo conquistou também o Campeonato Brasileiro, na altura Taça do Brasil, sendo esta a sua primeira conquista nacional.

Depois do título de campeão nacional, o Botafogo perdeu o rendimento que vinha tendo, entrando novamente numa fase negra que duraria até 1989. Durante este período o clube atravessou uma grave crise financeira que obrigou a sua direção a vender quase tudo, inclusive a sede e o campo de treinos. O Botafogo de Futebol e Regatas viria então a quebrar este jejum ao fim de 21 anos, ao repetir a conquista de um bi-campeonato carioca nas temporadas de 89 e 1990. Na temporada seguinte, em 1991 o Botafogo voltaria a atingir a final do campeonato estatal viajando assim até ao Maracanã para discutir o título com o Flamengo numa partida que ficou marcada para a história pela derrocada de uma das bancadas dos estádio que terminaria com a vida de três adeptos do Flamengo. No resultado deste jogo o Botafogo ficaria apenas com o 2º posto do campeonato carioca e o Maracanã foi impedido de voltar a receber públicos tão grandes como naquele dia em que estavam presentes mais de 122 mil pessoas no edifício. Em 1995 o Botafogo volta a celebrar um título nacional ao conquistar mais um Brasileirão ao vencer o São Paulo na final por 2-1. Depois deste, e antes da viragem do século, o Botafogo viria ainda a conquistar mais um Campeonato Carioca em 1997.

seedorf

Clarence Seedorf – veterano médio holandês, ex-Milan, que defende agora as cores do Botafogo.

Depois da viragem do século o Botafogo passou por mais uma má fase dos seus mais de 100 anos de vida. A má gestão exercida conduziu a equipa a inúmeras dívidas estando entre estas os salários de vários jogadores. Tudo isto culminou com a descida à Série B em 2002, de onde o clube voltaria a recuperar em 2004, já sob um novo comando, regressando então à Série A do Brasileirão. As glórias voltariam apenas dois anos depois com mais uma conquista do Campeonato Carioca, a 18ª da história do Botafogo. A nível nacional a equipa estabilizou-se de novo na Série A, conseguindo a partir de 2005 o regresso à competições internacionais, em especial à Copa Sudamericana para onde se qualificam as equipas classificadas entre o 11º e a 4º posto da tabela.

O Botafogo foi então recuperando das lacunas deixadas pelas más gestões e em 2010 volta a afirmar-se novamente no Campeonato Carioca com mais um título que voltaria a repetir em 2013 com a ajuda do experiente ex-Milan, Clarence Seedorf que se havia transferido para a equipa onde sonha terminar a sua carreira em 2012.