Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Borussia M’gladbach?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

Estádio Borussia-Park
Borussia Park
  • País: Alemanha
  • Cidade: Mönchengladbach...
  • Capacidade: 59.724

Ver ficha

O Borussia M’gladbach descende do Fussball Club Germania München-Gladbach, um colectividade amadora que ao ser oficializada se passou a chamar Borussia M’gladbach. Em 1933 o clube uniu-se ao SC München-Gladbach, e chamou-se SC  Borussia München-Gladbach até ao Verão do ano seguinte, quando foi acabada a coligação.

Em 1960 o clube venceu o seu primeiro título nacional ao bater o Karlsruher SC por 3-2 na final da Taça da Alemanha, e em 65/66 chegou finalmente a Bundesliga e quatro anos bastaram para que o clube se adaptasse e começassem a chegar as glorias.

Na epoca de 69/70 o clube tornou-se pela primeira vez campeão alemão, revalidando o título na temporada seguinte. Depois de três anos consecutivos a perder o campeonato para o Bayern, o M’gladbach respondeu conquistando também 3 Bundesligas consecutivas, de 1975 a 1977. Nesta dourada década de 70 o clube conquistou ainda duas Taças UEFA, em 1975 e 1979, e chegou ainda a uma final da Champions, em 1977, acabando por esbarrar frente ao Liverpool.

Depois da gloria nos anos 70 as exibições do clube perderam o ênfase que tinham, muito por culpa das obrigatórias vendas para colmatar os buracos financeiros. O clube nunca conseguiu recuperar e os objectivos passaram a ser apenas conseguir a manutenção  tendo sempre em conta as presenças nas taças nacionais. Até 1999 os objectivos foram cumpridos e o clube não só se tinha conseguido manter na Bundesliga como também tinha alcançado duas finais da Taça da Alemanha  em 1984 e 1990, apesar de perder ambas, uma para o Bayern e outra para o Hannover, respectivamente.

Com o virar do século virou também a sorte do clube e em 2000 o M’gladbach via-se na segunda divisão alemã, com um futebol pouco atractivo e sem grandes possibilidades económicas. Em 2002 conseguiram voltar à Bundesliga, mas os resultados continuavam a não aparecer, então em 2004 foi contratado o reconhecido Dick Advocaat, mas também sem sucesso.

As trocas de treinador sucederam-se e em 2006/2007 chegou o lendário Jupp Heynckes ao comando da equipa e quando se pensava que as coisas poderiam melhorar, tudo correu mal e o clube foi novamente despromovido.

O regresso junto dos grandes aconteceu na 32ª jornada da temporada de 2007/2008, mas até 2011 os resultados teimaram em não aparecer, mas na época 2011/2012, com estrelas como Marco Reus, Marc-André ter Stegen, Mike Hank e Dante no plantel, o Mönchengladbach chegou às semifinais da Taça da Alemanha, sendo eliminado pelo Bayern, e conseguiu ainda terminar o campeonato na 4º posição da tabela, garantindo a qualificação para a Liga Europa.