Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Boavista FC?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

Estádio do Bessa Século XXI
Bessa Século XXI
  • País: Portugal
  • Cidade: Boavista
  • Capacidade: 30.000

Ver ficha

O Boavista FC foi fundado a 1 de Agosto de 1903, denominado na altura por The Boavista Footballers e sendo um dos orgulhos da cidade, principalmente, para os jovens ingleses e portugueses que moravam no Bairro da Boavista. Este jovens assistiam os jogos de futebol disputados pelos grandes técnicos ingleses da Fábrica Graham, sendo eles os principais fãs do clube. A história da equipa de futebol começou com dois jovens, Harry e Dick Lowe, que receberam uma bola importada de Inglaterra e começaram a encontrar-se num terreno para jogar algumas partidas. Desta forma, lançaram as bases para a criação do Boavista FC, com muita influência inglesa. Contudo, tal influência ditou a sentença de morte ao clube em 1909, pois os jogadores que seguiam os preceitos da Igreja Anglicana, não podiam jogar futebol ao domingo. Houve então uma reunião de sócios, sendo considerada a primeira assembleia geral, votando claramente, que os jogos deveriam ser ao domingo. Desta forma, o clube mudou as sua perspectiva, passando a ser composto apenas por portugueses. Em 1910, o The Boavista Footballers desapareceu e deu lugar ao então Boavista Futebol Clube.

boavista

Boavista FC no primeiro jogo em competições Europeias.

Em 1911 foi inaugurado o campo do Bessa, sendo um dos grandes momentos do clube, pois por ai viriam grandes dias de expansão. No entanto, com o início da I Guerra Mundial, em 1914, vários jogadores ingleses foram embora para defenderem a sua pátria. Nos anos 20, o clube alargou o número de modalidades e intensificou a actividade internacional, pois começou por disputar jogos conta Real Madrid, Celta de Vigo ou Vasas de Budapeste. Neste momento o clube estava a ir muito bem, apenas com um problema. A cor preta das camisolas dos jogadores começaram a incomodar muita gente. Desta forma, o clube incluiu na camisola riscas brancas verticais, mas o preto continuava a ser a cor predominante. Tentando mudar completamente, em 1928 a camisola passou a ter riscas verticais de vermelho, branco e azul, tornando-se bastante berrante. Tal mudança agradou a uns mas desagradou outros, que começaram por fazer comentários e críticas na imprensa. O presidente na altura Artur Oliveira Valença, um homem de grande cultura, foi até frança para ver a moda e decidiu copiar o equipamento de um clube francês que alinhava de camisola ao xadrez, preto e branco.

Em 1933 o Boavista FC na estreia do novo equipamento, venceu o Benfica por 4-0, sendo como que, um segundo nascimento do clube. Foi também neste jogo que os jogadores aderiram pela primeira vez à profissionalização, o que valeu ao clube uma suspensão de um ano. No fim dos anos 70, a história do clube ficou marcada com a conquista da terceira Taça de Portugal e a 1º Supertaça Cândido de Oliveira, sob o comando de Valentim Loureiro. Nos anos 80, o Boavista FC teve a sua primeira experiência em competições Europeias. Foi então em 1981-1982 que conseguiu derrotar o grande Atlético de Madrid por 4-1. Na temporada de 1986-1987 derrotou a Fiorentina, eliminando-a da Taça UEFA. Na década de 90, o Boavista alcança a 4ª Taça de Portugal e a 2ª Supertaça, na temporada 1991-1992. Foi também nesta época que conseguiu vencer o Inter de Milão por 2-1 (tendo já uma empate a zeros em Milão), eliminou os italianos na Taça UEFA. Já em 1996-1997 o Boavista, mostrando o seu grande futebol e força de vencer, vence a 5ª Taça de Portugal. Na temporada seguinte consegue mais um troféu, a sua 3ª Supertaça de Portugal.

Em 1997 João Loureiro sucedeu a presidência do seu pai Valentim Loureiro no Boavista FC. Com este novo presidente o clube passou a ter objectivos bem definidos e uma dinâmica bem traçada. Foram feitos alguns investimentos, quer na política de gestão do futebol que também nos equipamentos desportivos. A 1998 começou a construção do novo Estádio do Bessa, com capacidade para 30.000 pessoas. Com o inicio do nosso milénio, o clube começou uma estratégia de constituição empresarial desportiva, formando-se uma sociedade anónima desportiva (SAD), de forma a, gerir quer o futebol quer a formação de jogadores.

Boavista

Festejos no Estádio do Bessa quando o Boavista Fc foi Campeão Nacional em 2000-2001.

Na temporada 2000-2001 o Boavista FC consagrou-se pela primeira vez Campeão Nacional, tenda já sido vice-campeão em 1998-1999. Na tempora de 2001-2002, conseguiu novamente terminar o campeonato em 2º lugar. Desta forma, participou por três vezes na Liga dos Campeões, sendo que, alcançou em 2002-2003 as meias-finais da Taça UEFA, perdendo frente ao Celtic. O Boavista FC desceu de divisão no fim da temporada 2007-2008 por uma alegada coação feita pela direcção, o que levou o clube a recorrer aos tribunais administrativos. Em 2012, o Boavista fez um pedido de reintegração na Primeira Liga, já com Álvaro Braga Júnior na presidência, depois de conhecerem a decisão do tribunal. A 17 de Junho de 2012 o clube realizou eleições, ficando o Dr. Manuel Maio eleito para a presidência do clube, contudo, demitiu-se uns meses depois devido a problemas de saúde. A 5 de Dezembro de 2012, o Dr. João Loureiro anunciou a sua candidatura à presidência do clube. Com a entrada do novo presidente e depois de muitas batalhas vencidas, o Boavista conseguiu finalmente a 29 de Junho de 2013 o reconhecimento pela FPF e pela liga PFP, conseguindo assim o seu regresso à 1ª divisão. No dia 1 de Abril de 2014, o clube recebeu a notícia de que foi aprovada a sua candidatura para participar na 1ª Liga na temporada 2014-2015.