Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Argentina?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

A Seleção Argentina de Futebol é das mais bem sucedidas e das mais reconhecidas no futebol mundial. Fundada em 1893, filiou-se à FIFA apenas em 1912.

A Argentina conquistou o seu primeiro título ao vencer a Copa da América na sua quinta edição em 1921, repetindo o feito por mais duas vezes nessa década, em 1925 e 29. Esta série de resultados valeu à seleção a participação no primeiro campeonato do mundo, em 1930, onde atingiu logo nessa primeira edição do campeonato a final, acabando derrotada pelos seus eternos rivais – Uruguai, por 4-2. Os bons resultados na Copa foram-se repetindo, em contraste com a prova do campeonato do mundo onde os argentinos tiveram que esperar até 1978, ano que sediaram a prova, para verem a equipa fazer uma boa prestação na competição, tendo conquistado o seu primeiro título de campeões do mundo. Desde mundial destacou-se a importância de Diego Maradona para a equipa argentina, já que o jogador foi essencial na conquista do título, principalmente pelo golo marcado com a mão nos quartos de final quando a equipa afastou a Inglaterra por 2-1.

Diego Maradona, antigo astro do futebol mundial

Diego Maradona, antigo astro do futebol mundial

Oito anos depois a Argentina viajou até ao México para disputar com sucesso mais um campeonato do mundo de futebol, selando o seu segundo título de campeã mundial ao derrotarem a fortíssima Alemanha Ocidental por 3-2 na final. Na edição seguinte da prova, que aconteceu em Itália, a Argentina quase alcança o bi-campeonato mas os alemães do ocidente vingaram-se da final de 86 ao venceram a partida por 1-0.

Este foi o último grande resultado da Argentina no panorama mundial do futebol, nunca mais tendo conseguido ultrapassar os quartos de final da prova. Já na Copa América a Argentina tornou-se equipa dominate, a par com o Uruguai, sendo este o seu principal rival, com o qual disputou 161 jogos desde 1901. Os últimos títulos da seleção argentina aconteceram já no novo milénio, em 2004 quando conquistaram o torneio olímpico de futebol e em 2008, já com Lionel Messi na equipa, quando alcançaram o título de bi-campeões olímpicos.

Com a falta de grandes títulos nas últimas décadas os adeptos começam a revoltar-se contra a equipa, principalmente contra Lionel Messi, considerado um astro do futebol mundial mas cujas exibições ao serviço da seleção ficam sempre àquem das espectativas, sucedendo-se o mesmo com a restante equipa que, apesar de tudo é sempre favorita em qualquer prova que dispute.