Menu

Equador – Espanha (Amigável Internacional)

Nos vários jogos amigáveis que preenchem esta data no calendário internacional da FIFA, o que opõe Equador e Espanha poderá ser um dos encontros com muitos e bons motivos de interesse, quer pelo facto de estarmos perante duas equipas que têm a qualificação para o Mundial praticamente garantida, como por serem conjuntos que se apresentam com fortes ambições na prova que se disputará no Brasil. Enquanto os equatorianos aproveitarão esta oportunidade para se medir com uma das seleções mais fortes do panorama internacional, Vicente del Bosque chama a jogo alguns dos jogadores que têm pela frente uma temporada para garantir que poderão ser soluções na tentativa de revalidação do título.

O Equador está bem próximo do Mundial, depois de ter assegurado seis vitórias e três empates em doze encontros disputados. Com cinco pontos de vantagem sobre o quinto classificado e apenas quatro jornadas por jogar, os equatorianos preparam-se para gerir a vantagem até final da qualificação. No Brasil, a aposta passará por repetir o feito alcançado em 2006, com uma presença nos oitavos-de-final da competição. Reinaldo Rueda, o selecionador, não poderá contar nesta partida com António Valência, do Manchester United e um dos grandes esteios da equipa, nem com Jaime Ayoví, do LDU Quito. No seu onze, o grande destaque continua a ser Felipe Caicedo, que apesar da fraca imagem deixada em Portugal aquando da sua passagem pelo Sporting, é um ponta-de-lança bastante forte e com grande capacidade para marcar golos. Nóboa e Castillo são os dois elementos mais experientes no meio-campo, enquanto a nível defensivo, o capitão Walter Ayoví continua a fazer a diferença. Na baliza, Alexander Domínguez, também da equipa de Quito, deverá voltar a ser titular.

amigável internacionalA Espanha apresentar-se-á, nesta partida, afetada pela viagem a realizar, ainda para mais em vésperas de se iniciar a competição na Liga BBVA e na Premier League, e essa terá sido uma das razões que levou Vicente Del Bosque a deixar de fora da convocatória jogadores como Piqué, Xavi, Cesc Fàbregas, Sergio Busquets, Juan Mata, Xabi Alonso, Fernando Torres, Pedro e Soldado. Em compensação, abrem-se assim as portas para uma série de jogadores que fazem parte do futuro da seleção espanhola, três deles podendo mesmo fazer a sua estreia com a camisola da La Roja, como são os casos de Iñigo Martínez (Real Sociedad), Koke (Atlético Madrid) e Cristian Tello (Barcelona). Para além destes, grande curiosidade para ver como se poderão comportar Thiago Alcântara e Isco, que a partir daqui deverão ser apostas regulares do selecionador, para além de podermos também assistir ao regresso de Fernando Llorente, agora que se apresenta, de novo, como primeira escolha na Juventus, o seu novo clube. Com tantos motivos de atração, é de esperar que a Espanha faça mais do que a simples presença. A equipa equatoriana será um adversário bem competitivo e muitos destes jogadores espanhóis terão algo a provar nesta partida.

Espanha e Equador nunca se encontraram em partidas oficiais, tendo apenas jogado um encontro amigável, em 2003, com a equipa espanhola a sair vencedora por 4-0, numa partida disputada no Vicente Calderón. De Pedro, com um hattrick, e Morientes, foram os marcadores dos golos espanhóis.

O favoritismo está todo do lado de Espanha, para este encontro, mas espera-se uma boa imagem do Equador, que poderá até surpreender, marcando primeiro neste jogo.

A Bet365 oferece-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Resultado Final: Espanha 1.65 Bet365
equador
Equador
  • País: Equador
  • Estádio:
  • Cidade: Quito
  • Fundação: 1925

Ver ficha completa

Espanha
Espanha
  • País: Espanha
  • Estádio:
  • Cidade: Madrid
  • Fundação: 1920

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2799
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1319
  • Próg. errados 1442
comments powered by Disqus

Últimos jogos