A 4ª eliminatória da Taça de Portugal dividiu-se por dois fins-de-semana, com o Sporting da Covilhã a estar já apurado para a próxima ronda. Mas o núcleo forte de jogos vai disputar-se entre hoje e o próximo domingo, com vários encontros de primeira a merecerem nota, bem como uma avaliação dos possíveis tomba-gigantes da ronda.

Três jogos em destaque

As três partidas que colocam frente a frente equipas da Liga NOS destacam-se na calendarização desta eliminatória. Em Trás-os-Montes, o Desportivo de Chaves irá receber o FC Porto, num bom teste para avaliarmos o momento da equipa de Jorge Simão. Depois de ter criado problemas ao Benfica, na receção aos encarnados, o jogo da Taça poderá continuar a alimentar sonhos de Europa no conjunto transmontano. Já para o FC Porto, será uma partida ingrata, com vários jogadores a chegarem depois de jogos na seleção esta semana, obrigando Nuno Espírito Santo a avaliar bem o tipo de utilização a que os vai expor.

mitroglou-benfica

Benfica terá que ultrapassar conjunto madeirense

O Benfica recebe o Marítimo no domingo e depois de ver mais um jogador entregue aos cuidados do departamento médico, Rui Vitória pensará duas vezes nas opções que vai tomar para este encontro. André Horta será ausência certa, e os encarnados continuam a somar problemas com lesões, enquanto o Marítimo, em fase mais positiva desde a chegada de Daniel Ramos, irá a jogo sem grandes responsabilidades que não sejam mostrar qualidade e tentar atrapalhar o apuramento do Benfica.

Finalmente, o encontro entre Boavista e Vitória de Guimarães desperta as memórias de uma grande rivalidade, podendo mesmo transformar-se num dos jogos mais importantes desta eliminatória, tendo em conta o entusiasmo que rodeia o atual momento dos vimaranenses, associado a uma boa evolução dos axadrezados com Miguel Leal à frente do grupo.

Quem será o tomba-gigantes?

Alguns encontros sugerem a possibilidade de vermos equipas da Liga NOS a caírem às mãos de conjuntos de divisões inferiores. Ainda assim, alguns desses encontros apresentam conjuntos que até podem apresentar qualidades bastante equilibradas.

helio-vaz-torreense

Hélio Vaz ajudará o Torreense a tentar vencer o Nacional

Se Feirense e Estoril Praia estarão felizes por atuar perante o seu público, o facto de receberem equipas como a Académica ou o Cova da Piedade, ambas a passar por bons momentos na Segunda Liga, poderá dificultar uma tarefa que, à partida, soaria fácil. Já o SC Braga, que recebe o Santa Clara no seu estádio, parece estar um pouco mais imune à possibilidade de ser surpreendido, ainda que uma eventual rotação de titulares possa expor a equipa de José Peseiro.

O Sporting entra já hoje em campo para defrontar um Praiense que ainda não perdeu esta temporada, com o fator Alvalade junto da transmissão televisiva a puderem pesar nas costas dos jogadores da equipa açoriana. Por outro lado, Torreense, Aljustrelense e Vilafranquense terão o fator casa a seu favor, apresentando, todos eles, condicionantes a que as equipas da Liga NOS não estarão tão habituadas.

Nota final para o Real Massamá, que depois de ter eliminado o Arouca, recebe agora um Olhanense a recuperar de um péssimo início de temporada. Apesar de estarmos a falar de uma equipa da Segunda Liga, se o Real conseguir vencer, fortalecerá bastante o seu estatuto de grande surpresa desta competição.

Boas Apostas!