Menu
  • 02 julho
  • 11:30
  • Dhoze

Dustin Brown – Rafael Nadal (Wimbledon)

Este embate da segunda ronda de Wimbledon gera curiosidade. Estas etapas iniciais servem sempre para avaliar a condição em que as principais figuras chegam ao torneio. Neste caso, Nadal terá o desafio acrescido de responder a um precedente negativo. Já o alemão tem a confiança acrescida de já se saber capaz de contrariar o favoritismo do espanhol. A ver o que dá.

Há pouco mais de um ano o alemão garantiu um dos seus maiores feitos ao derrotar o então ainda número um mundial, Rafa Nadal, nos oitavos de final do ATP de Halle, por dois sets sem resposta (6-4, 6-1). Não era coisa muito vista e o espanhol não poupou elogios ao seu adversário.

Mas o tenista Dustin Brown não se reduz a esse resultado surpreendente em junho de 2014. O alemão com sangue jamaicano tem passado grande parte da sua carreira ali por perto do top-100, com pontuais incursões nesse grupo restrito. Não porque lhe faltem qualidades. As suas dreadlocks são só o elemento mais visível de um tenista pouco convencional. Brown é espalhafatoso em court e as suas tiradas atléticas – um pouco à semelhança de Monfils – atraem o público. A sua maior arma, contudo, é a agressividade. É o partir para qualquer ponto sempre a atacar, sem reservas. Quando funciona, como no episódio referido com Nadal, em que os ases começaram a entrar como loucos e as bolas cruzadas a bater na linha, é uma avalanche. Outras vezes, talvez a maioria, arrisca demasiado e os erros sucedem-se.

Wimbledon 2014Em cinco presenças em Wimbledom, o melhor que o alemão conseguiu foi chegar à terceira ronda, em 2013, perdendo então com Adrian Mannarino (6-4, 6-2, 7-5). Nas restantes somou três eliminações na ronda inaugural e em 2011 nem passou da qualificação.

Brown fez o qualifying em 2015 e estreou-se no quadro principal diante do chinês Lu, sexagésimo primeiro do ranking. Começou por perder o primeiro parcial mas depois encontrou o seu jogo e recompôs-se, vencendo os três seguintes (3-6, 6-3, 7-5, 6-4).

Rafael Nadal foi campeão em Wimbledom por duas vezes – em 2008 e 2010 – e marcou presença em mais três finais, das quais saiu derrotado. Mas nas últimas três edições acumulou prestações dececionantes no Major em relva. Há três anos caiu na segunda ronda, frente a Rosol; em 2013 foi afastado na ronda inicial pelo belga Steve Darcis e no ano transato ficou-se pelos oitavos, eliminado por Nick Kyrgios. Provavelmente porque vencer Roland Garros vinha a exigir cada vez mais dele – física e emocionalmente – e também pelo curto espaço de transição entre os dois Majors. Este ano está a ser diferente. O rei da terra batida foi deposto em Paris logo nos quartos de final e portanto teve também mais tempo – e eu acrescentaria vontade e necessidade – para se preparar para o ténis em relva. O espanhol venceu o seu segundo título do ano, no ATP de série 250 de Estugarda, batendo o sérvio Viktor Troicki (7-6, 6-3) na final, depois de passar por Baghdatis, Tomic e Monfils. Mas a passagem por Queen’s foi curta, cedendo logo à primeira frente a Dolgopolov (6-3, 6-7, 6-4).

O seu primeiro obstáculo no All England Tennis Club foi o brasileiro Thomaz Bellucci. Nadal esteve sólido e consistente ao longo das duas horas e pouco que durou o encontro e venceu em sets diretos (6-4, 6-7, 6-4). Ele sabe que a sua condição de décimo cabeça de série lhe dá menos tempo de adaptação porque o nível dos adversários é superior desde as rondas iniciais.

Rafa reconheceu que Brown não é um opositor qualquer, pelo precedente existente entre ambos. E que isso dará grande confiança ao alemão. Coisa que terá que contrariar com uma boa exibição.

2014 Halle Brown 2   6 6 R16
Nadal 0 4 1

A Bet365 oferece-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Total de Jogos: Mais de 34.5 1.90 Dhoze
Dustin_Brown
Dustin Brown
  • País: Alemanha
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

rafael nadal
Rafael Nadal
  • País: Espanha
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1899
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 801
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos