Menu

A Bet.pt oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Dundalk – Legia de Varsóvia (Liga dos Campeões)

A equipa da República da Irlanda foi sensação das pré-eliminatórias da Liga dos campeões e não tendo nada a perder vai continuar a sonhar. David McMillan, um arquiteto em part-time, foi figura em destaque na eliminação do BATE Borisov mas toda a equipa, a começar pelo guarda-redes, esteve muito acertada. O Legia de Varsóvia está a dois jogos de regressar à fase de grupos da Liga dos Campeões, patamar que não alcança desde a temporada de 95/96.

O Dundalk está nas nuvens. Dizer que o grupo vive um sonho é um eufemismo. A dez jornadas do fim, a equipa de Stephen Kenny vai bem lançada para conseguir o tri na Liga Irlandesa. Segue na liderança do campeonato, com quarenta e seis pontos, três de vantagem sobre o segundo classificado, o Derry City, apesar de ter três jogos em atraso. Os Lilywhites estão a pagar o preço desta campanha espetacular nas competições europeias já que perderam os últimos dois compromissos domésticos – Galway United (1-0) e Bray (2-1) – ambos fora. Felizmente, a margem que tinham construído dá-lhes folga suficiente para se manterem na luta pelo terceiro título consecutivo.

O Dundalk já superou duas etapas nesta qualificação para a Liga Milionária, uma estreia absoluta já que nunca tinha sido capaz de vencer uma eliminatória. Mas o momento pode ser ainda mais histórico já que está a dois jogos de se tornar o primeiro clube da República da Irlanda a participar na Liga dos Campeões. O máximo que o país conseguiu foi entrar na fase regular da Liga Europa, representado na ocasião pelo Shamrock Rovers em 2011/12. Na segunda pré-eliminatória ultrapassaram os islandeses do FH Hafnarfjordur (1-1, 2-2), fazendo valer os golos marcados fora. Na eliminatória seguinte chocaram a Europa do futebol ao eliminar da prova o campeão bielorrusso, o BATE Borisov. Os homens de Stephen Kenny perderam pela margem mínima na visita a Borisov mas não se deixaram desanimar. David McMillan, com uma dobradinha a fechar e a abrir as duas metades da partida, empurrou a equipa para o tão sonhado apuramento. Já em cima dos noventa, Robbie Benson, que tinha saído do banco para substituir o marcador de serviço, fechou a espetacular contagem (1-0, 3-0). Pela primeira vez o Dundalk estavano play-off da Liga dos Campeões.

Para se perceber o contexto deste conjunto, David McMillan, o melhor marcador desta fase de qualificação, com cinco golos, é arquiteto em part-time.

Onze Provável: Rogers – Gannon, Barrett, Boyle, Massey – Shields – Mountney, Finn, O’Donnell, Horgan – McMillan.

O Legia de Varsóvia tem Liga dos Campeõesmuito mais experiência nas andanças das competições europeias do que que o seu próximo adversário e a experiência nestas coisas é muito importante. Desde o virar do século o clube polaco tem tentado regressar à Liga dos Campeões – convém lembrar que chegou aos quartos de final a meio da década de noventa, a sua última participação na fase regular – mas o melhor que conseguiu neste período foi cair nos play-offs há três temporadas. Nos últimos anos tem feito carreira na Liga Europa, indo aos dezasseis avos de final em duas ocasiões.

Agora os polacos têm uma excelente oportunidade a entrar na Liga Milionária. Nas eliminatórias anteriores superar os bósnios do Zrinjski Mostar (1-1, 2-0) e os eslovacos do AS Trencin (0-1, 0-0).

Onze Provável: Malarz – Bereszynski, Jodlowiec – Horava, Hrosovsky – Langil, Moulin, Kucharczyk – Nicolcs.

As duas equipas nunca se defrontaram antes.

Prognóstico Odd Casa Erro
Golo entre o Minuto 31 e o Intervalo 2.70 Bet.pt
Dundalk
Dundalk
  • País: Rep. Irlanda
  • Estádio:
  • Cidade: Dundalk
  • Fundação: 1903

Ver ficha completa

Légia de Varsóvia
Legia de Varsóvia
  • País: Polónia
  • Estádio: Pepsi Arena
  • Cidade: Varsóvia
  • Fundação: 1916

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1831
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 769
  • Próg. errados 1037
comments powered by Disqus

Últimos jogos