Menu

Dínamo Kiev – FC Porto (Liga dos Campeões)

Esta viagem até Kiev, na Ucrânia, está longe de surgir na altura ideal para o Porto. A deslocação, aliada à exigência q.b deste primeiro teste, não surge num bom “timing” tendo em conta que domingo haverá “clássico” na Invicta com a receção ao campeão Benfica. Ainda assim, tudo indica que o encontro da próxima jornada da Liga NOS não vá atrapalhar o plano para esta partida milionária. O Porto viaja para o Leste europeu com o intuito de vencer, cenário possível tendo em conta que os argumentos do Dínamo já não são os de outrora.

O FC Porto chega a este encontro motivado pela vitória em Arouca, sem ter cedido à pressão exercida pelo Benfica, que venceu o Belenenses na véspera. Nessa noite, sobressaiu Jesus Corona, dianteiro mexicano que “bisou” na estreia e gera, naturalmente, grande expectativa entre os adeptos azuis e brancos. Juntamente com Layun – que também se estreou – e Herrera, vem aumentar o leque de representantes mexicanos do emblema da Invicta. Neste jogo, deverá ceder o lugar ao espanhol Tello. Herrera poderá surgir no lugar de Rúben Neves.

Sem que tenha ainda conhecido o sabor da derrota na atual temporada, o Porto de Lopetegui é líder a par do Sporting, com os mesmos dez pontos nas quatro jornadas já disputadas. À partida, o Porto terá nesta deslocação à Ucrânia o duelo mais exigente na presente época até agora. Os “dragões” costumam dar-se bem com os ares daquele país. Olhando para o confronto direto com o Dínamo, nos três jogos já disputados no Leste europeu, ganhou dois (1-2) e empatou um (0-0). É expectável que a equipa portuguesa continue a ser capaz de pontuar em casa do Dínamo.

Na antevisão ao encontro, o técnico Lopetegui deixou bem claro que o foco da equipa se encontra inteiramente direccionado para esta partida. A estreia na Liga dos Campeões impede o Porto de pensar no “clássico” de domingo, pelo que é expectável que se apresente na máxima força.

Onze Provável: Casillas – Maxi, Maicon, Indi, Layún – Imbula, Herrera, André – Tello, Brahimi, Aboubakar.

Liga dos CampeõesNa antevisão a este duelo, Rebrov, treinador do Dínamo, sublinhou a importância de a equipa se apresentar “compacta”. Esta é, de resto, a imagem que marca o estilo dos ucranianos a nível interno: Uma equipa coesa, que gosta de ter bola e dá relevância ao processo defensivo. Se assim não fosse, decerto que não teria apenas dois golos consentidos nos sete jogos já disputados no campeonato. Neste encontro, embora jogue em casa, não é expectável que o Dínamo de Kiev pegue nas rédeas do jogo desde o apito inicial.

O Porto até poderá ter maior iniciativa, sendo que a equipa de Antunes e Miguel Veloso procurará apostar numa estratégia mais contida e sair para o ataque com perigo. A principal referência desta equipa é o ucranino Yarmolenko. Derlis Gonzalez, ex-Benfica, também poderá entrar nas contas para este encontro, ele que se poderá vir a revelar um elemento importante em transição.

Onze Provável: Rybka – Danilo, Dragovic, Vida, Antunes – Miguel Veloso, Rybalka, Garmash – Yarmolenko, Deris, Júnior Moraes.

Dínamo de Kiev 0-0 FC Porto Liga dos Campeões 2012/13
FC Porto 3-2 Dínamo de Kiev Liga dos Campeões 2012/13
Prognóstico Odd Casa Retorno
Empate Anula: FC Porto 1.75 Dhoze
dinamokiev
Dínamo Kiev
  • País: Ucrânia
  • Estádio: Olímpico de Kiev
  • Cidade: Kiev
  • Fundação: 1927

Ver ficha completa

FC Porto
FC Porto
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio do Dragão
  • Cidade: Porto
  • Fundação: 1893

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1458
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 751
  • Próg. errados 624
comments powered by Disqus

Últimos jogos