Menu
  • 17 janeiro
  • 21:30
  • Betrally

Denver Broncos – Pittsburgh Steelers (NFL)

O jogo que fecha a segunda ronda dos play-offs é o mais difícil de prever. Se estivessem saudáveis eu apostaria na vitória dos Steelers mas à medida que domingo se aproxima confirma-se que a equipa pagou um preço demasiado alto para bater os Bengals. Antonio Brown e DeAngelo Williams não vão alinhar e Big Ben é dado como questionável. Do outro lado Peyton Manning será titular mas se Kubiak insistir em pô-lo a cumprir o plano de jogo de Osweiler não vai ser bonito.

Os Denver Broncos venceram a AFC Oeste derrotando, na última jornada da temporada regular, os Chargers (27-20). Gary Kubiak tomou a controversa decisão de retirar Brock Osweiler nos momentos decisivo. Segundo o treinador, fê-lo não porque estivesse a fazer alguma coisa de errado mas por sentir que a equipa sentia falta de uma voz de comando dentro de campo. A intervenção acabou por ser bem-sucedida porque os Broncos venceram, mas Peyton Manning não fez nenhuma jogada determinante. Ainda que passe outra confiança aos companheiros, com a sua experiência, constantes leituras e correções. Entretanto, o treinador já confirmou que será o QB veterano o titular nos play-offs. Manning teve uma temporada pouco conseguida em função das lesões nas costelas e no pé e não jogava desde a semana dez. Peyton tem muitos anos disto e no seu pico foi um dos melhores quarterbacks que esta liga produziu. Mas os trinta e nove anos, e um corpo muito castigados por lesões graves, não perdoam. Mesmo com toda a sua excelência, Peyton sabe o que é fracassar nos play-offs e de certeza que a hipótese de encerrar a carreira com mais um desaire está a dar nós naquela cabeça. Se, para cúmulo, Gary Kubiak insistir em pô-lo a cumprir o plano de jogo desenhado para Brock, a noite vai ser triste em Mile High.

Em termos de regularidade os Broncos foram a melhor defesa da NFL mas com Chris Harris e DeMarcus Ware limitados e em dúvida essa força fica significativamente diminuída. O cornerback tem queixas num ombro e o linebacker falhou a última partida devido a lesão no joelho.

Os Pittsburgh Steelers foram talvez a única equipa a estar à altura da secundária de Denver, na temporada regular. Harris teve a sua pior prestação frente a Antonio Brown e Aqib Talib viu-se à rasca para dar conta de Markus Wheaton.

NFLSe os Steelers estivessem saudáveis eu apostaria neles para vencer este embate. Infelizmente, a equipa pagou uma fatura demasiado alta para chegar à divisional round, graças aos serviços de Vontaze Burfict. O mesmo homem foi responsável por anular a dupla dinâmica de Pittsburgh. Ben Roethlisberger deslocou o ombro e tem rutura de ligamentos. Ainda assim continua em aberto a sua participação. Já Antonio Brown, que sofreu uma falta feia que lhe provocou uma concussão cerebral, já foi descartado pelos responsáveis da equipa. Mesmo que Big Bem entre em jogo ele não terá capacidade para fazer lançamentos, que são o seu diferencial. É certo que pode ajudar muito a orientar a equipa, a motivar e puxar pelos companheiros. Inspirando pelo seu espírito de sacrifício. Mas será que chega? Estará sem a sua maior e mais eficaz arma. Antonio Brown é o melhor receiver desta liga – mil oitocentas e trinta e quatro jardas, dez touchdowns – e desde 2012 que não falhava um jogo dos Steelers. Houve quem usasse dados estatísticos para extrapolar os números que teria feito se Roethlisberger tivesse jogado a temporada inteira e nesse caso as previsões apontavam para mais de duas mil e cem jardas à sua conta, muito à frente do que qualquer outro receiver. Isto é para se perceber a dimensão, o vazio, que deixam estas ausências. Nem DeAngelo Williams conseguiu ficar apto, e será mais uma baixa.

Ryan Shazier será determinante se conseguir manter o nível exibicional que teve frente aos Bengals. Fez treze placagens, forçou duas perdas de bola e mais uma recuperação.

Denver Broncos Pittsburgh Steelers Heinz Field (Pittsburgh) D 34-27
Denver Broncos Pittsburgh Steelers Sports Authority Field Mile High (Denver) V 31-19
Denver Broncos * Pittsburgh Steelers Sports Authority Field Mile High (Denver) V 29-23, OT
Denver Broncos Pittsburgh Steelers Invesco Field at Mile High (Denver) D 28-10
Denver Broncos Pittsburgh Steelers Invesco Field at Mile High (Denver) V 31-28
Denver Broncos Pittsburgh Steelers Heinz Field (Pittsburgh) V 31-20
Denver Broncos * Pittsburgh Steelers Invesco Field at Mile High (Denver) D 34-17
* jogos dos play-offs

Os Steelers venceram o duelo da semana dezasseis, em Pittsburgh (34-27) mas nessa altura estavam no topo da sua forma, com toda os elementos essenciais em campo. Esta será a terceira vez que as duas equipas se defrontam nos play-offs no espaço de uma década. Curiosamente, sempre em Mile High. Os Steelers sagraram-se campeões da AFC à custa dos Broncos (34-17) em 2006, e seguiram para vencer o seu último Super Bowl. Há quatro voltaram a cruzar-se, dessa feita nos wildcards, e foi Denver a levar a melhor, já no prolongamento.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Menos de 40.5 pontos 1.95 Betrally
denver broncos
Denver Broncos
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Steelers
Pittsburgh Steelers
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade: Pittsburgh
  • Fundação: 1933

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1787
  • Média Odds usadas 2.22
  • Próg. certos 749
  • Próg. errados 1010
comments powered by Disqus

Últimos jogos