Congo – Rep. Dem. Congo (Taça das Nações Africanas 2015)

O encontro entre congoleses promete ser das partidas mais curiosas dos quartos-de-final da prova. O Congo esteve quinze anos sem jogar uma Taça das Nações Africanas e pode dizer-se que deve muito ao mago Claude Le Roy, um técnico com muitos anos de experiência no mundo do futebol africano, o sucesso agora alcançado. Já a República Democrática do Congo chega a esta fase depois de ter empatado todas as partidas da fase de grupos, deixando de fora Cabo Verde e os campeões de 2012, a Zâmbia. No jogo das identidades confundidas, veremos se serão os congoleses de Brazzaville ou os de Kinshasa quem sairá a sorrir.

Regista-te já
para acederes
ao prognóstico

  • Conteúdos exclusivos
  • Prognósticos
  • Tutoriais
  • Estratégias e dicas