Nos dias que correm, o registo numa Casa de Apostas online é um processo célere e simples, ao alcance de qualquer utilizador com o mínimo de literacia informática. As Casas e Casinos online têm encetados esforços no sentido de agilizar e simplificar ao máximo o processo de registo aos interessados, procurando aumentar a sua “carteira” de clientes.

Todas as Casas de Apostas online requerem um registo prévio. Contrariamente ao que acontece com o “Placard”, pertencente à Santa Casa da Misericórdia, é preciso mais que o NIF (Número de Identificação Fiscal) para jogar online.

Ser maior de idade é condição “Sine qua non”. Caso tenha 18 ou mais anos, pode iniciar-se no mundo do jogo online. Para simular todo o processo de registo, recorremos ao exemplo da Bet.pt, uma das nossas Casas afiliadas. Cada Casa apresenta pequenas especificidades ao nível do registo, mas, de um ponto de vista global, o “modus operandi” é idêntico em todas.

Os dados pessoais são indispensáveis para o registo. O utilizador deve começar por inserir o seu género, primeiro nome, apelidos, data de nascimento e, por fim, o endereço de e-mail que pretende associar à conta.Registo - 1

 

Uma vez preenchidos os dados pessoais mais “genéricos”, numa segunda fase, a Casa de Apostas solicita o país de residência, a nacionalidade, o número de telemóvel, a profissão (estes dois últimos poderão não ser obrigatórios), o NIF, o número de Cartão de Cidadão e a morada.

Registo - 2

No terceiro e derradeiro passo antes de concluir o registo, uma vez devidamente preenchidos todos os dados pessoais – que são verificados de forma automática pelo algoritmo que monitoriza o registo -, o utilizador deve preencher os dados da conta, ou seja, os dados que vai utilizar sempre que quiser aceder à plataforma em causa para jogar. Para o efeito, deverá preencher o nome de utilizador, definir uma palavra-passe que poderá ter que contemplar letras, números e caracteres especiais por forma a reforçar a segurança, escolher a moeda em que pretende ver as odds (decimais, fraccionais ou USA), restando dois campos opcionais: o IBAN e a utilização de um Código de Bónus.

Quando todos os dados estiverem preenchidos e confirmados pelo utilizador, a Casa de Apostas enviará imediatamente um e-mail com o intuito de confirmar o endereço associado à conta criada. Após clicar no link que estiver nesse mesmo e-mail, o utilizador passa a poder usufruir de todos os serviços disponíveis na Casa. No entanto, o processo de registo não estará ainda concluído…

Registo - 3

Verificação de Identidade

Ninguém está disposto a investir dinheiro sem ter em vista a possibilidade de obter algum retorno, mesmo quem encara o jogo como um mero passatempo ou modo de diversão.

Imaginemos que, após iniciar a sua jornada numa Casa de Apostas, alcança um montante interessante do seu ponto de vista e pretende transferi-lo para a sua conta bancária. Para tal, há mais um passo a dar, nomeadamente o cumprimento das normas do processo habitualmente conhecido como “KYC” (Know Your Customer). As companhias recorrem a este processo por forma a obedecer à legislação de cada país.

Mas afinal, para que serve? Simples. Tal como o próprio “naming” indica (Know Your Customer), este processo permite à empresa confirmar os dados que anteriormente foram facultados pelo utilizador. Para tal, devem ser submetidos documentos que comprovem a identidade do cliente – nome, idade, residência e conta bancária.

Por último mas não menos importante, todas as Casas obrigam à confirmação das informações constantes nos T&C (Termos e Condições), requerendo também autorização para o envio de informações e newsletters para o endereço de e-mail ou até mesmo para o número de telemóvel associado à conta criada.

Para confirmar nome e idade, as Casas de Apostas costumam solicitar uma foto do documento de identificação pessoal (Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão, no caso português). Já por forma a comprovar a residência do cliente, pode ser submetida uma fotografia de uma conta da água/luz, internet ou telefone, desde que nela conste o nome do cliente associado à morada que foi dada. Por norma, as Casas possuem uma secção na qual é possível carregar as fotos dos documentos em causa. Por fim, importa confirmar a conta bancária (ou e-wallet) associada. As Casas costumam debitar um pequeno montante (posteriormente devolvido) por forma a confirmar a conta bancária. Note-se que, na maioria das Casas, os levantamentos só são passíveis de execução recorrendo ao mesmo método que foi utilizado para efeitos de depósito. A exceção corresponde à utilização de um PaySafeCard, por exemplo: se a conta tiver sido carregada desse modo, a única hipótese passará por retirar os fundos para uma conta bancária.

O processamento e análise dos dados não é feito de forma automática, logo, poderá levar algumas horas. Não obstante, uma vez cumpridos todos os procedimentos associados ao “KYC” que visam também a segurança do cliente, o utilizador estará apto a usufruir dos serviços da Casa de Apostas em pleno, podendo efetuar os levantamentos sem qualquer tipo de problemas. Note-se que a velocidade dos levantamentos varia de Casa para Casa e que, à velocidade de processamento, não é alheio o método escolhido para retirar os fundos da conta.

Boas Apostas!