Menu

Club Nacional – Corinthians (Taça Libertadores)

O Club Nacional e o Corinthians medem forças esta quinta-feira no Gran Park Central, em Monteviedo, num embate a contar para os oitavos de final da Taça Libertadores. A equipa da casa não alcança esta fase de eliminatórias já desde 2013, no entanto, está divida entre a luta pelo título da competição caseira e pela qualificação aos quartos de final desta prova. Já o Corinthians, vencedor da edição de 2012, chegou aqui ao se qualificar como líder do Grupo 8, ameaçando conseguir ir mais longe do que os oitavos de final que alcançou na temporada transacta.

Para chegar aqui, o Club Nacional começou por ingressar no Grupo 2, constituído pelo Rosario Central, Palmeiras e River Plate, tendo-se qualificado a estes oitavos de final como 2º classificado do agrupamento. Os Bolsos já venceram esta competição por 3 vezes em toda a sua história, tendo a última conquista sido em 1988. Desde então, nos últimos 15 anos, a única prestação que se destaca foi a da temporada de 2009, onde alcançou as meias finais. Sob as ordens de Gustavo Munúa, este conjunto encontra-se um pouco dividido entre a luta pelo acesso aos quartos de final desta Taça Libertadores, e à luta pelo título Clausura do campeonato uruguaio, onde se encontra em 2º lugar com os mesmos 19 pontos que o 3º classificado Peñarol, fruto de 6 vitórias, 1 empate e 2 derrotas, com parciais de 17 golos marcados e 8 golos sofridos, encontrando-se apenas 1 ponto do 1º classificado, Plaza Colonia.

Nos jogos disputados nesta edição da Taça Libertadores, os pupilos de Gustavo Munúa provaram apenas uma vez o sabor da derrota, na recepção ao Rosário Central, no entanto, as suas duas únicas vitórias somadas no Grupo 2 foram ambas sobre uma equipa brasileira, o Palmeiras, grande rival do Corinthians, sendo que os Bolsos esperam então dar continuidade ao sucesso perante equipas do Brasil. Importa referir que com 17 golos marcados no campeonato uruguaio, a par com o Monteviedo Wanderers, este conjunto detém o melhor sector ofensivo.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Club Nacional apresenta um histórico de 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma vitória por 3-1 na recepção ao El Tanque Sisley. Seguiu-se um empate por 2-2 em terreno do River Plate, num embate a contar para a Taça Libertadores, uma vitória por 2-4 em terreno do Defensor Sporting, uma derrota por 0-2 na recepção ao Rosario Central, em jogo a contar para a Taça Libertadores, e na última jornada, uma vitória por 1-0 na recepção ao Fénix.

Onze Provável: Mejía – Fucile, Polenta, Cabaco e Espino – Gonzalo Porras, Romero e Cabrera – Barcia, Ramírez e Tabó.

copa libertadoresCorinthians, por sua vez, conseguiu chegar a estes oitavos de final como líder do Grupo 8, constituído pelo Cerro Porteño, Santa Fe e Cobresal. O Timão venceu esta prova uma vez em toda a sua história, em 2012, tendo desde então chegado duas vezes aos oitavos de final, mas nunca foi além. Contudo, visto que já está fora da luta pelo Campeonato Paulista, competição que venceu por 27 vezes, ao ser posto fora das meias finais às mãos do Osasco Audax, através da marcação de grandes penalidades, os pupilos de Tite podem agora focar-se em ir o mais longe possível na corrida pela Taça Libertadores. O Timão viu alguns dos jogadores mais importantes da equipa saírem após este sagrar campeão do principal campeonato de futebol brasileiro, o Brasileirão Serie A, o que deixou o conjunto um tanto desfalcado para este ano.

Contudo, com algumas novas contratações o técnico Tite conseguiu que a sua equipa conseguisse uma boa campanha na fase de grupos desta Taça Libertadores. Um dos objectivos para este jogo frente aos uruguaios será marcar golos, algo que conseguiu nos 3 embates disputados fora de portas nesta competição, o que lhe poderá garantir uma boa vantagem quando disputar  a 2ª mão no seu território.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Corinthians apresenta um histórico de 3 vitórias e 2 empates. Esta sequência de resultados iniciou-se com um empate por 1-1 em terreno do Santa Fe, em jogo a contar para a Taça Libertadores. Seguiu-se uma vitória por 3-0 na recepção ao Grêmio Novorizontino, uma vitória por 4-0 na recepção ao Red Bull Brasil, uma vitória por 6-0 na recepção ao Cobresal, em jogo a contar para a Taça Libertadores, e na última jornada, um empate por 2-2 na recepção ao Osasco Audax.

Onze Provável: Cássio – Edilson, Balbuena, Vilson e Guilherme Arana – Willians – Romero, Maycon, Rodriguinho e Marlone – Luciano.

Em toda a história existiram apenas 4 confrontos directos, tendo o Club Nacional vencido 1 e empatado os restantes 3.

Nacional
1-1
Corinthians
Mercosul 2000
Corinthians
1-2
Nacional
Mercosul 2000
Corinthians
0-0
Nacional
Libertadores 91
Nacional
1-1
Corinthians
Libertadores 91

Tendo em conta que ambas equipas privilegiam o futebol ofensivo, antevê-se uma partida aberta com várias ocasiões de golo para os dois lados. O conjunto da casa tentará visar a baliza forasteira sem conceder nenhum golo no processo, de forma a ter vantagem na 2ª mão, contudo, o Corinthians já se mostrou forte mesmo a actuar fora de portas, e tentará marcar o máximo golos aqui de forma a estar confortável na 2ª mão.

Prognóstico Odd Casa Erro
Ambas as Equipas Marcam 2.05 Betrally
club nacional
Club Nacional
  • País: Paraguai
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

corinthians
Corinthians
  • País: Brasil
  • Estádio: Arena Corinthians
  • Cidade: São Paulo
  • Fundação: 1910

Ver ficha completa

Fabio Mota
Fabio Mota
  • Próg. realizados 1836
  • Média Odds usadas 1.83
  • Próg. certos 961
  • Próg. errados 781
comments powered by Disqus

Últimos jogos