Menu

Club América – TP Mazembe (Mundial de Clubes 2015)

O jogo que ninguém quer disputar. Club América e TP Mazembe, eliminados nos quartos-de-final do Mundial de Clubes, defrontar-se-ão na partida que serve para definir 5º e 6º colocados do torneio. A desilusão consome as hostes de mexicanos e congoleses, que se defrontam com pouco mais que a honra em jogo. A aventura em solo nipónico termina por aqui. O campeão da CONCACAF quer deixar o continente asiático de cabeça erguida, após ter perdido já em tempo de compensação frente ao Guangzhou de Luiz Felipe Scolari.

A partida dos quartos-de-final que opôs Club América e Guangzhou Evergrande terminou de forma dramática, com prejuízo para os mexicanos. A formação “azteca” colocou-se na dianteira do marcador à passagem do 55º minuto de jogo, cortesia de um golo apontado pelo internacional Oribe Peralta. Dominador sobretudo durante o segundo tempo, o América não conseguiu converter o maior ascendente em golos. Permitiu que a formação chinesa continuasse viva na eliminatória e deu-se mal. Os últimos dez minutos revelaram-se fatídicos para os representantes da CONCACAF. Zheng estabeleceu o empate a uma bola aos 80  e, já em tempo de compensação, uma falha do guarda-redes Moisés Muñoz permitiu que Paulinho aparecesse de cabeça para consumar a reviravolta.

Afastado pelo Pumas nas meias-finais do torneio Apertura, o América caiu na primeira eliminatória do Mundial. Vida complicada para o técnico Ignacio Ambriz, que tem a sua continuidade à frente da equipa em causa. Após a eliminação, considerou que a ausência da próxima ronda constitui um “fracasso”, uma vez que o objetivo mínimo passava por alcançar as meias-finais. O jogo diante do TP Mazembe não deverá influenciar a decisão da direção do América quanto ao futuro de Ambriz, independentemente do resultado. Os adeptos esperam que a equipa esboce uma reação na defesa da honra. Importa deixar uma imagem positiva no adeus ao Japão, sobretudo depois do incidente entre Darwin Quintero e Rubens Sambueza após o golo do empate do Guangzhou, elucidativo quanto ao ambiente que se vive no seio do plantel.

Onze Provável: Muñoz; Paul Aguilar, Pablo Aguilar, Goltz e Samudio; Martínez, Sambueza e Guerrero; Quintero, Peralta e Benedetto

Mundial Clubes 2015 - JapãoA organização japonesa, bem como a frieza exibida na hora de atacar a baliza contrária, anularam a ousadia do campeão africano. O TP Mazembe, emblema que disputa pela terceira vez um Mundial de Clubes, ficou-se pelos quartos-de-final. O resultado final (3-0) até poderá nem indicar nesse sentido, mas o que é facto é que o Mazembe rubricou uma prestação positiva. Claudicou sobretudo no capítulo da finalização, sobretudo durante a primeira parte, etapa em que dispôs de maior número de ocasiões.

Finalista da competição em 2010, o Mazembe ficou resignado a disputar o encontro de atribuição de 5º e 6º lugar, à semelhança do que aconteceu no ano de 2009. Na altura, saiu derrotado pelo Auckland City por 2-3. No adeus ao Japão, o conjunto africano procura aproveitar o mau momento que o América atravessa para terminar no 5º lugar.

Onze Provável: Gbouho, Frimpong, Kimwaki, Coulibaly, Boateng, Diarra, Sinkala, Assalé, Ulimwengu, Traore, Samata

Os mexicanos do Club América são favoritos à vitória nesta partida. Pese embora o momento menos bom da equipa e a consequente incerteza que paira quanto à continuidade de Ambriz ao leme da equipa, a formação “azteca” está (teoricamente) num pedestal acima dos africanos e dispõe de argumentos mais fortes à entrada para este duelo.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória do Club América 1.52 Betrally
club america
Club América
  • País: México
  • Estádio: Estádio Azteca
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Mazembe logo
Mazembe
  • País: Congo
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1541
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 797
  • Próg. errados 667
comments powered by Disqus

Últimos jogos