Menu

Club América – SL Benfica (International Champions Cup 2015)

A chegada do novo técnico ao Benfica não está a ser sinónimo de vitória, e os encarnados são, para já, a única equipa europeia que soma apenas derrotas na International Champions Cup. Para piorar as coisas, o Benfica vai agora jogar no Estádio Azteca, na Cidade do México, frente a um conjunto que já começou a nova temporada, tendo terminado a anterior com uma vitória na Liga dos Campeões da CONCACAF. Teste de dificuldade elevada para um conjunto campeão português à procura de uma nova identidade.

O Club América começou a sua participação neste torneio internacional perdendo por 1-2 para o LA Galaxy, com Quintero a marcar o primeiro golo, mas Robbie Keane e Alan Gordon a fazerem a diferença a favor do campeão dos Estados Unidos. De seguida, uma vitória frente aos San Jose Earthquakes deu confiança à equipa mexicana, tendo sido capaz de dar a volta ao resultado, depois de se encontrar a perder. Andrade e Rivera foram os autores dos golos mexicanos. No terceiro encontro disputado na prova, encontraram finalmente um adversário europeu e não foram capazes de se mostrar à altura do Manchester United. Um golo de Schneiderlin, logo aos cinco minutos, foi o suficiente para dar a vitória aos ingleses. A Liga Mexicana começou, entretanto, este domingo, e o início não podia ser mais negro para o Club América, que foi goleado 2-4 pelo Puebla. Andrade marcou o primeiro golo da equipa e Quintero fechou a contagem, mas os quatro golos sofridos pelo meio foram bem pesados para uma equipa em busca de títulos.

Onze provável: H. Gonzalez – Burón, Gotz, Pablo Aguilar , Mares – Sambueza, Guemez, O. Martinez, Samudio – Quintero, Arroyo.

International Champions Cup 2015O Benfica só tem derrotas nas partidas disputadas na International Champions Cup e começa a pesar a responsabilidade sobre Rui Vitória, que hesita entre manter a estrutura e o estilo de jogo do passado ou renovar as ideias de um plantel que vai assistindo a algumas saídas e que poderá não ter como dar a mesma resposta com Jorge Jesus. Ainda que soe mal a um campeão mudar muito do seu desenho, não parece viável que Rui Vitória imagine sequer alguma continuidade no modelo e no estilo. O líder é totalmente diferente, as saídas de Lima e, eventualmente, Gaitán vão mexer muito com a forma de jogar da equipa e mesmo defensivamente só a intensidade exigida pelo anterior técnico pode justificar os riscos que o 4-4-2 expõe a equipa. Frente ao Club América, o Benfica terá oportunidade para retificar e, depois de ter perdido para Paris SG, Fiorentina (nas grandes penalidades) e New York Red Bulls, seria muito importante poder somar pontos na despedida de uma prova que pode ter sido campo de experiências, mas não deixará grandes saudades entre os encarnados.

Onze provável: Júlio César – André Almeida, Luisão, Jardel, Eliseu – Samaris, Pizzi, Talisca – Gaitán, Jonas, Jonathan.

As duas equipas nunca se defrontaram.

Favoritismo para o Club América, que depois de ter entrado a perder na Liga Mexicana tem que dar prova de vida, frente a um Benfica que também procura a vitória, mas parece estar mais longe de a conseguir.

Prognóstico Odd Casa Erro
Vitória do Club América 3.25 Dhoze
club america
Club América
  • País: México
  • Estádio: Estádio Azteca
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

benfica
Benfica
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio da Luz
  • Cidade: Lisboa
  • Fundação: 1904

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2833
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1331
  • Próg. errados 1465
comments powered by Disqus

Últimos jogos