Menu

Club América – Seattle Sounders (Liga dos Campeões da CONCACAF)

Uma grande oportunidade perdida para os Seattle Sounders ou a afirmação de que os adeptos da equipa têm todas as razões para acreditar que 2016 será um bom ano? Eis o balanço em que ficaram aqueles que viram o jogo da primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões da CONCACAF entre o Club América e os Seattle Sounders. A equipa norte-americana esteve por duas vezes na frente do marcador, desperdiçou oportunidades e acabou por ir para o México em desvantagem.

Figura no encontro da primeira mão foi, sem dúvida, Clint Dempsey, jogador que soube bem demonstrar porque é que nunca nos poderemos esquecer dele, enquanto estiver em campo. Parece que a idade não passa por ele e que Dempsey consegue encontrar o caminho para o golo ou para a assistência. Se os adeptos que tendem a ver as coisas a longo prazo podem dar-se por satisfeitos, passou para a cabeça de Sigi Schmid o problema: em vésperas de iniciar a MLS, será que vale a pena ir defrontar o atual campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF na máxima força, ou será então o tempo de começar a olhar para o campeonato? Decisões difíceis para um treinador que já viveu de tudo.

O Club América é um dos grandes nomes do futebol da América do Norte, mas vive um momento que pouco terá de positivo, se olharmos para os seus mais recentes resultados. Caído para sexto lugar da Liga MX, o Club América não vence há quatro jogos, tendo empatado, no seu campeonato, com Vera Cruz e Cruz Azul, indo também conseguir resultado semelhante na deslocação a Seattle. Finalmente, este fim-de-semana, saiu goleado pelos Tigres por 1-4, numa partida que marcará, sem dúvida, a mente dos jogadores do América, da mesma forma que os seus adeptos dificilmente os farão esquecer deste resultado. Assim sendo, tanto se poderá ver uma equipa soçobrar à pressão do resultado, como poderemos assistir a uma espécie de renascer das cinzas. Qual dos dois casos se dará?

Onze Provável: Hugo González – Paul Aguilar, Goltz, Pablo Aguilar, Samudio – Sambueza, Martínez, Daniel Guerrero, Lozano – Quintero, Peralta.

Liga dos Campeões ConcacafOs Seattle Sounders poderiam ter conseguido um resultado mais positivo, sendo que agora estarão dependentes de vencer no estádio adversário ou de conseguir um empate com três ou mais golos. Vida complicada para Sigi Schmid que defrontará, no próximo domingo, a equipa do Montreal Impact. E se os canadianos lhe podem lembrar alguma coisa é que, tal como estes fizeram em 2015, é possível conciliar o sucesso na Liga dos Campeões da CONCACAF (os Impact atingiram a final) e ainda assim chegar ao playoff da MLS. Mas Schmid já tem anos suficientes de MLS para saber que opção tomar neste contexto, sendo que o mais provável é dar uma oportunidade ao seu melhor onze para tentar testar o contexto da partida, deixando para os noventa minutos as escolhas necessárias para manter os seus jogadores em condições de voltar a entrar em campo no domingo.

Onze Provável: Frei – Mears, Evans, Marshall, Joevin Jones – Alonso, Friberg, Ivanschitz – Morris, Nelson Valdez, C. Dempsey.

O único encontro oficial entre os dois emblemas foi o empate a dois golos da passada semana.

O Club América é o grande favorito a vencer e a seguir em frente. No entanto, tendo em conta as dificuldades sentidas pela equipa nas últimas semanas, os Sounders alimentam uma réstia de esperança. Conseguirão cumpri-la?

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Ambas as Equipas Marcam 2.00 Betrally
club america
Club América
  • País: México
  • Estádio: Estádio Azteca
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Seattle Sounders
Seattle Sounders
  • País: Estados Unidos
  • Estádio: CenturyLink Field
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2838
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1332
  • Próg. errados 1465
comments powered by Disqus

Últimos jogos