Menu
Premier League 9ª Jornada

Chelsea – Manchester United (Premier League)

Partida incontornável de domingo na Premier League: o Special One regressa a Stamford Bridge na qualidade de visitante. Apesar do burburinho e de um suposto ultimato há três semanas, o Chelsea de Conte está na quinta posição, a dois pontos da liderança. O United está numa sucessão de jogos assustadora. Liverpool à segunda, Fenerbahce à quinta, Chelsea no domingo e City na terça-feira seguinte: haja pernas e muita cabeça!

Duas derrotas – Liverpool (1-2) e Arsenal (3-0) – intercaladas por uma vitória sobre o Leicester (2-4 a. p.) na Taça da Liga deixaram o Chelsea em alvoroço. Houve rumores de que Abramovich veio a terreiro fazer um ultimato a Antonio Conte. Desde então a equipa voltou aos resultados positivos, batendo os Tigers (0-2) e os Foxes (3-0). Estão no quinto posto da Premier League, com dezasseis pontos (5V/ 1E/ 2D), o que os deixa a apenas dois do topo da classificação. Sei que, psicologicamente, perder com adversários como Reds e Gunners, deixa uma sabor desagradável mas é irrealista pensar que esta equipa que o italiano está a trabalhar pode ombrear com conjuntos que estão em alta rotação e com ideias muito impregnadas como esses dois. Portanto, talvez o faniquito tenha sido excessivo, mas serviu pelo menos para Conte se deixar de luvas de pelica, o que, convenhamos, não combina com ele.

Na última jornada o Chelsea impôs-se com muita naturalidade ao campeão em título, em Stamford Bridge. É justo reconhecer que Ranieri optou por deixar jogadores fundamentais de fora, como Mahrez, a pensar na deslocação a Copenhaga para a Liga dos Campeões, o que facilitou o trabalho dos Blues. Naquilo que teria sido uma tarde em cheio teve que haver um incidente para dar assunto aos comentadores. Diego Costa começou a fazer gestos para o banco a pedir para ser substituído mas o treinador ignorou a pretensão. Supostamente o avançado estava incomodado com as muitas indicações que vinham do banco e amuou. Embora Conte tenha desvalorizado publicamente parece que lhe deu um raspanete em privado, o que não custa a creditar. Veremos como se comporta este domingo, frente à equipa do antigo treinador, que sabe melhor como ninguém como puxar os cordelinhos do mau feitio de Costa.

John Terry está em dúvida depois de ter apresentado queixas ao longo da semana.

Onze Provável: Courtois – Azpilicueta, David Luis, Cahill – Moses, Matic, Kanté, Alonso – Willian, Diego Costa, Hazard.

Premier LeagueO Special One regressa este domingo ao lugar onde foi muito feliz. E depois sabotado. Verdade seja dita, o balneário pode-se ter virado contra ele mas os adeptos do Chelsea continua a ter Mourinho na mais alta conta e não estranharia que houvesse uma receção especial. O Manchester United está a ter uma sucessão de jogos assustadora. Na segunda foi a visita a Anfield, depois recebeu o Fenerbahce para a Liga Europa, este domingo vai a Stamford Bridge e na terça-feira volta a casa para enfrentar os rivais de Manchester, em ronda da Taça da Liga. Talvez por isso tenha sido alívio o que vimos no rosto do treinador português e dos seus jogadores perante o nulo frente ao Liverpool. Um ponto é melhor que nada e venha o próximo. Ou então, acho que há um motivo mais profundo, tanto Mourinho como o plantel do United sabem que nesta época jogam para não perder, mais do que para ter sucesso diante dos rivais.

Na quinta-feira o Manchester United venceu de forma contundente o Fenerbahce, ainda que a partida tenha estado bastante equilibrada até ao primeiro penálti. Segundo transpirou depois, Paul Pogba pediu a Rooney para marcar. Três minutos depois Anthony Martial fazia o mesmo e colocava os Red Devils em posição muito confortável. O médio francês fez o terceiro do United antes de sair para intervalo, com remate potente e Jesse Lingard fechou a contagem a abrir a segunda parte. Aos oitenta e três Robin van Persie reduziu para os turcos, com direito a ovação das bancadas de Old Trafford.

Onze Provável: De Gea – Valencia, Bailly, Smalling, Blind – Herrera, Pogba – Mata, Fellaini, Rashford – Ibramovich.

Chelsea 1-1 Manchester United
Premier League 2015/16
Manchester United 0-0 Chelsea
Premier League 2015/16

As duas partidas da temporada passada terminaram igualadas. O último triunfo do United nestes confrontos foi há quatro anos e onze jogos: Di Mateo era o técnico dos Blues, Sir Alex ainda era rei em Old Trafford.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória do Chelsea 2.15 Betrally
chelsea
Chelsea
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Stamford Bridge
  • Cidade: Londres
  • Fundação: 1905

Ver ficha completa

manchesterunited
Manchester United
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Old Trafford
  • Cidade: Manchester
  • Fundação: 1878

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1968
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 824
  • Próg. errados 1120
comments powered by Disqus

Últimos jogos