Menu
Premier League 24ª Jornada

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Chelsea – Arsenal (Premier League)

O Chelsea está motivado como nunca a vencer este dérbi londrino. Foi depois da humilhação no Emirates, na jornada seis, que os Blues se transformaram no líder do campeonato, com Conte a assumir o sistema de três defesas. Com o anúncio de Lampard, que pôs fim à carreira, também haverá aqui a vontade de lhe fazer uma homenagem. E se saírem por cima desta dupla jornada frente aos mais diretos perseguidores, depois da visita a Anfield, é justo dizer que o título só lhes escapa com uma catástrofe.

Na jornada vinte e três, a meio da semana, o Chelsea foi empatar a Anfield (1-1). O jogo era importante para os dois lados mas o Liverpool tinha muito mais a perder. A formação treinada por Antonio Conte encarou o jogo de forma cautelosa, entregando a iniciativa à equipa da casa e esperando a sua oportunidade. É a especialidade deste Chelsea, o oportunismo e eficácia máxima. Mignolet foi uma mão na roda ao disparatar na marcação do livre, permitindo que o biqueiro de David Luiz colocasse os Blues em vantagem a meio da primeira parte. A garra dos Reds ainda deu para Wijnaldum igualar no segundo tempo, o que animou bastante o grupo. Mas não conseguiu concretizar e perdeu-se. A quinze minutos do fim Diego Costa teve nos pés a hipótese de fechar o encontro a favor dos visitantes mas Mignolet defendeu o penalti. Não creio que chegue para se redimir da asneira mas já dá um desconto.

De facto, Conte bem pode agradecer ao Arsenal a excelente campanha que o Chelsea está a fazer esta temporada. A derrota, na jornada seis, no Emirates, com três golos sem resposta, foi o cheque necessário para o treinador italiano se deixar de paninhos quentes. Era preciso romper com o que vinha de trás e nada melhor do que assumir a identidade que sempre o caracterizou. A passagem para o sistema de três defesas, ou cinco, no memento defensivo, fez toda a diferença. David Luiz tornou-se a peça estabilizadora da linha mais recuada – eu sei, quem diria?! –, e a equipa passou a acreditar piamente nas opções técnicas. O tropeção em White Hart Lane, no primeiro jogo do ano, não passou disso, de um sinal de alerta, e rapidamente os Blues regressaram às vitórias. Estão a nove pontos de toda a concorrência e se vencerem o próximo jogo não creio que haja forma de os apanhar a não ser que passem por uma catástrofe.

Conte parte para o jogo de sábado sem qualquer limitação no plantel.

Onze Provável: Courtois – Azpilicueta, David Luiz, Cahill – Moses, Matic, Kanté, Alonso – Pedro, Diego Costa, Hazard.

Naquilo que já se tornou um clásPremier Leaguesico, o Arsenal começou por entusiasmar os adeptos apenas para começar a fraquejar quando os mais céticos começavam a alinhar. O mês de fevereiro será decisivo para percebermos se o vigésimo ano de Wenger é mais do mesmo ou uma brilhante exceção. Para se manterem vivos na luta pelo título, os Gummers terão que ir pontuar a Stamford Bridge, provando que aquele domínio do início da temporada ainda reside lá, abaixo da superfície. Se perder fica a doze pontos da liderança e pode cair para o quinto lugar. Depois da visita ao Chelsea o Arsenal recebe o Hull em casa e a equipa de Marco Silva tem dado trabalho aos adversários. E dentro de dez dias há viagem marcada a Munique, para a primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, com o Bayern.

Depois de golear o Southampton (0-5) nos dezasseis avos de final da Taça de Inglaterra, o Arsenal sofreu uma inesperada derrota frente ao Watford (1-2), na terça-feira. Wenger arrasou a equipa, que acusou de não estar concentrada, e o facto é que antes de se cumprir o primeiro quarto de hora já Kaboul e Deeney tinham marcado para os Hornets. Dos únicos em campo que se destacaram pela positiva, Alex Iwobi viria a marcar o golo de honra dos Gunners no início do segundo tempo. Mas não deu para mais.

Aaron Ramsey é a mais recente baixa, juntando-se a Cazorla, Debuchy e Sanogo, entre os lesionados. Xhaka ainda cumpre castigo o que cria um buraco para preencher no meio-campo. Elneny ainda está no Gabão, onde no domingo jogará a final da CAN.

Onze Provável: Cech – Bellerín, Mustafi, Koscielny, Monreal – Oxlade-Chamberlain, Coquelin – Walcott, Ozil, Iwobi – Alexis Sánchez.

Arsenal 3-0 Chelsea
Premier League 2016/17
Arsenal 0-1 Chelsea
Premier League 2015/16
Chelsea 2-0 Arsenal
Premier League 2015/16

Na temporada passada o Chelsea venceu os dois dérbis com o Arsenal mas já vimos que esta época começou com ascendente para os Gunners. Como será que termina?

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória do Chelsea 1.85 Betclic
chelsea
Chelsea
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Stamford Bridge
  • Cidade: Londres
  • Fundação: 1905

Ver ficha completa

arsenal
Arsenal
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Emirates
  • Cidade: Londres
  • Fundação: 1886

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1936
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 810
  • Próg. errados 1100
comments powered by Disqus

Últimos jogos