Burnley – Chelsea (Premier League)

A primeira jornada da Premier League fecha com o encontro entre Burnley e Chelsea. Os Clarets estão de regresso à competição depois uma surpreendente caminhada no Championship, onde contrariaram todas as previsões para terminar em segundo lugar. Este ano serão uma das equipas com menos recursos da prova, enfrentando com dificuldades a subida de escalão. Para mais, vão começar por defrontar o conjunto que melhor se terá reforçado neste mercado. Os Blues buscaram fortalecer as posições onde tinham fragilidades no ano passado, para atingir um objetivo que está, agora, no topo do seu discurso: voltar a ser campeão.

O Burnley será o patinho feio da Premier League este ano, ou isso esperam todas as análises feitas à competição. Sem grandes recursos financeiros, o prémio depois de uma época de sonho no Championship será o de poder participar. Mas o técnico Sean Dyche não parece satisfeito com essa limitação. Uma lesão impediu-o de se estrear, como jogador, no principal escalão do futebol inglês, o que torna esta segunda-feira ainda mais especial. Depois de ter batido todas as previsões no ano passado, Dyche sabe que depende do seu trabalho poder, no mínimo, alimentar esperanças de manutenção. Steven Reid e Matt Taylor são duas contratações que oferecem rodagem de Premier League a um plantel onde ela é praticamente ausente e poderão revelar-se importantíssimos no decorrer da época. Danny Ings e Sam Vokes vão testar num nível mais elevado o faro de golo demonstrado na Championship, ainda que só o primeiro poderá jogar frente ao Chelsea. Vokes está lesionado e, com Dummingan, completa o duo de ausentes para esta partida.

Regista-te já
para acederes
ao prognóstico

  • Conteúdos exclusivos
  • Prognósticos
  • Tutoriais
  • Estratégias e dicas