Menu

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Brasil – Argentina (Amigável Internacional)

A minidigressão do Brasil a Melbourne inicia-se com um clássico frente à rival argentina. Tite, que cumpre um ano como selecionador, dispensou Neymar e outros que precisavam de uma pausa e vai dar oportunidade a jogadores menos rodados. Mas do outro lado Sampaoli faz a sua estreia e o Brasil não vai querer arriscar uma humilhação. O ex-técnico do Sevilha chega determinado a revitalizar a Albiceleste e já sabemos como gosta de entrar com estrondo.

O Brasil tem dois jogos amigáveis agendados para Melbourne. Esta sexta-feira enfrenta a rival Argentina e na próxima terça enfrenta a seleção anfitriã, a Austrália. Para esta minidigressão por terras dos cangurus, Tite dispensou alguns jogadores habitualmente titulares. O caso que salta à vista é o de Neymar. Esses tiveram direito a gozar as merecidas férias e outros, menos rodados, chegam com a possibilidade de mostrar serviço. Willian dizia hoje, na antevisão do encontro com a Albiceleste, que a Canarinha tem argumentos para derrotar Messi e companhia, mesmo sem a sua estrela maior.

Tite cumpre por estes dias um ano no cargo de selecionador brasileiro e está de excelente humor. As coisas estão a correr bem. O técnico pegou na equipa quando a qualificação estava tremida e hoje o Brasil é líder destacado da zona sul-americana, nove pontos acima da Colômbia, segunda classificada. Pode assistir de camarote a luta fratricida que as restantes potências do futebol latino-americano vão travar pelo apuramento.

O guarda-redes Ederson, que assinou pelo Manchester City por uma soma astronómica, só chega à concentração na véspera do primeiro jogo, pelo que é bem provável que Diego Alves seja o escolhido para a baliza na sexta-feira. O guardião que representou o Benfica teve autorização especial para acompanhar o nascimento da filha.

Onze Provável: Alves – Rafinha, Thiago Silva, Gil, Filipe Luís – Fernandinho – Willian, Filipe Augusto, Paulinho, Coutinho – Gabriel Jesus, Douglas Costa.

Para a Argentina o jogoamigável internacional com o Brasil é muito mais que um amigável. É o relançar da Albiceleste sob a liderança de Jorge Sampaoli. Depois de meses de namoro, o treinador argentino parou de resistir ao assédio da seleção nacional e entregou-se a um velho sonho. Quem não quereria treinar a Argentina ainda com Leo Messi pronto para as curvas? Na apresentação oficial o técnico reforçou duas ideias: não lhe cabe na cabeça que a seleção argentina não esteja na Rússia e que é preciso recuperar um estilo de jogo que reflita o paixão dos argentino pelo desporto-rei. Conhecendo Sampaoli, ele vai fazer de tudo para que essa transformação seja evidente desde o primeiro instante, sobretudo quando do outro lado está o arquirrival Brasil.

A concentração da Albiceleste em Melbourne foi acontecendo a conta-gotas. Dybala e Higuaín, os dois envolvidos na final da Liga dos Campeões ao serviço da Juve, chegaram mais tarde. Assim como os jogadores que alinham no campeonato argentino.

A Argentina está no quinto posto do apuramento sul-americano para o Mundial 2018, com vinte e dois pontos (menos onze que o Brasil). É a vaga que dá hipótese de disputar o play-off, não é apuramento direto, e mesmo essa não está segura. O Equador está só a dois pontos. Depois de fazer o mais difícil, vencer os pesos pesados Colômbia (3-0) e Chile (1-0), a Albiceleste deixou os três pontos na visita à Bolívia (2-0). A ausência de Messi dessa partida não pode servir de justificação. Há muito talento para além do mago argentino nesta seleção. A derrota ditou o afastamento de Edgardo Bauza.

Onze Provável: Romero – Mercado, Otamendi, Fazio, Mas – Biglia, Banega – Messi, Dybala, Di Maria – Higuaín.

BrasilBrasil
3-0
ArgentinaArgentina
Mundial 2018 (Q) CONMEBOL
ArgentinaArgentina
1-1
BrasilBrasil
Mundial 2018 (Q) CONMEBOL
BrasilBrasil
2-0
ArgentinaArgentina
Amigáveis 2014

Nos últimos sete confrontos entre brasileiros e argentinos só por uma vez a vitória não sorriu à equipa da casa: quatro triunfos para o Brasil, dois para a Argentina e um empate em Buenos Aires. Mas aqui a vantagem caseira não se aplica e as ausências do lado da Canarinha e a revolução no seio da Albiceleste podem baralhar as contas.

Prognóstico Odd Casa Erro
Mais de 2.5 golos 1.83 Betclic
brasil
Brasil
  • País: Brasil
  • Estádio:
  • Cidade: Brasília
  • Fundação: 1914

Ver ficha completa

argentina
Argentina
  • País: Argentina
  • Estádio:
  • Cidade: Buenos Aires
  • Fundação: 1893

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1831
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 767
  • Próg. errados 1035
comments powered by Disqus

Últimos jogos