Bordéus – AS Monaco (Ligue 1)

Um início de temporada bem quente, aquele que tem servido de batismo a Leonardo Jardim no Principado do Monaco. Saberia já o técnico português aquilo que o esperava no que toca a pressão, tendo em conta os cruzamentos políticos entre Príncipe, dono do clube e a ligação portuguesa que vai gerindo o clube. Mas perante a aparente decisão de mudar a forma de estar no que toca ao mercado, a parte desportiva poderá pagar um preço que toda a gente na administração do clube não parece disponível a aceitar. Caberá a Leonardo Jardim fazer milagres ou omeletes sem ovos. Na segunda jornada da Liga francesa, viaja até Bordéus, onde a redução de expetativas parece oferecer uma temporada calma a Willy Sagnol, novo técnico que poderá, sem pressões, ir mais além do que o seu antecessor.

Regista-te já
para acederes
ao prognóstico

  • Conteúdos exclusivos
  • Prognósticos
  • Tutoriais
  • Estratégias e dicas