Menu

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Boca Juniors – Independiente del Valle (Taça Libertadores)

Tudo em aberto na meia-final que opõe o Boca Juniors ao Independiente del Valle. A formação equatoriana venceu pela margem mínima (2-1) no Olímpico de Atuhalpa e viaja até Buenos Aires em vantagem, com o Boca Juniors a querer tirar partido do factor casa para dar a volta à eliminatória e garantir o apuramento para a final.

Serviços mínimos cumpridos. O Boca Juniors abandonou a altitude de Quito satisfeito com o respetivo desempenho, apesar da derrota por duas bolas a uma. Marcou fora de casa, perdeu por apenas um golo de diferença e demonstrou que tem condições para dar a volta ao atual rumo da eliminatória na Bombonera. Adiantou-se no marcador aos 13 minutos e esteve em vantagem durante praticamente 50 minutos, mas a formação argentina não conseguiu resistir ao maior ascendente ofensivo do adversário e, numa altura em que começou a dar sinais de quebra em termos físicos, consentiu dois golos que permitiram que o Independiente del Valle saísse em vantagem deste primeiro “round”. Diante de um adversário que está pela primeira vez na história entre os quarto finalistas da competição, o Boca Juniors quer fazer valer a experiência que tem nestas andanças. No colorido bairro de La Boca, em Buenos Aires, reina o optimismo. “Agora jogará a Bombonera”, destacou Agustín Orión.

Na conferência de imprensa de antevisão à partida, o discurso do técnico Guillermo Barros Schelotto foi alinhado com a ideia de que a experiência do Boca poderá ser decisiva. “Guille”, como é conhecido, exige que a sua equipa adopte uma abordagem madura ao jogo, numa óptica de gestão e até deu o exemplo de outra equipa que continua em competição nesta Libertadores: “Temos 90 minutos para fazer um golo. Vejamos o exemplo do Atlético Nacional diante do Rosario Central. Esteve em desvantagem e ganhou perto do fim, mas fê-lo jogando com tranquilidade. Viu-se que jogavam e forma cuidade, sem loucuras. Essa vai ser a ideia”. Na Bombonera – Diego Armando Maradona estará na tribuna -, o Boca Juniors procurará assumir os destinos do jogo, tomando a iniciativa para se acercar progressivamente da área contrária. No último encontro que disputou em casa para a Libertadores, o Boca não foi além de um empate (1-1) frente ao Nacional de Montevideu no tempo regulamentar, resultado que seria insuficiente para seguir em frente neste caso.

Em relação ao encontro da primeira mão, há duas novidades na lista de convocados. O médio Marcelo Meli está de volta às opções. Já Fernando Tobio fica de fora devido a lesão, tal como Gino Peruzzi, que continua em recuperação.

Onze Provável: Azcona, Nuñez, Arturo Mina, Luis Caicedo, Luis Ayala, Dixon Arroyo, Junior Sornoza, Jefferson Orejuela, Cabezas, Julio Angulo, José Angulo

copa libertadores 2014Ao vencer o Boca Juniors na primeira mão, os homens comandados por Pablo Repetto já escreveram mais uma página na história do Independiente del Valle. A vitória alcançada no Olímpico de Athualpa permite viajar para Buenos Aires em vantagem e os equatorianos acreditam que é possível surpreender na Bombonera e seguir para a final. Com o intuito de salvaguardar a condição física dos jogadores para esta partida na Argentina, Pablo Repetto fez várias alterações na equipa para o jogo disputado no domingo, relativo ao campeonato equatoriano, que culminou com uma vitória (2-0) frente ao Aucas. Para a partida decisiva na Bombonera, o Independiente poderá contar com os regressos de Luis Caicedo e Luis Ayala.

O Independiente del Valle, emblema que venceu quatro dos últimos cinco encontros oficiais que disputou, inspira-se no exemplo dos uruguaios do Nacional (empataram na Bombonera no tempo regulamentar). No entanto, o registo da equipa longe da altitude equatoriana não augura nada de bom à entrada para este encontro. Afinal, em seis jogos enquanto visitante, o Boca Juniors só venceu uma vez e ainda não foi capaz de fazê-lo na fase a eliminar. Repetir o resultado (2-1) alcançado nos quartos-de-final, no terreno dos mexicanos do Pumas, permitiria adiar a decisão para as grandes penalidades.

Onze Provável: Orión, Jara, Cata Díaz, Insaurralde, Fabra, Zuqui, Pérez, Lodeiro, Cubas, Tevez, Benedetto

Na Bombonera, em contexto de decisão, o experiente Boca Juniors quer dar a volta ao rumo da eliminatória e garantir o acesso à final. As casas de apostas atribuem amplo favoritismo ao conjunto argentino, que quer dominar desde o primeiro instante e, se possível, conquistar uma vitória por uma margem superior a um golo.

Prognóstico Odd Casa Erro
Handicap Asiático: Boca Juniors -1 1.50 Betclic
boca juniors
Boca Juniors
  • País: Argentina
  • Estádio:
  • Cidade: Buenos Aires
  • Fundação: 1905

Ver ficha completa

independiente del valle
Independiente Del Valle
  • País: Equador
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1450
  • Média Odds usadas 1.8
  • Próg. certos 749
  • Próg. errados 623
comments powered by Disqus

Últimos jogos