Menu
Primeira Liga 9ª Jornada

Boavista FC – Marítimo (Liga NOS)

Regressar ao relvado sintético do Bessa é sempre um motivo de esperança para o Boavista. Os adversários estranham e isso dá a certa vantagem aos da casa, embora o Marítimo seja dos poucos que não sentiu problemas na deslocação, na temporada passada. Um ponto apenas separa as duas equipas, o que pode implicar mudanças significativas na tabela, caso a partida penda para um dos lados.

Depois de quatro jogos fora deve ser muito reconfortante para o Boavista FC regressar ao Estádio do Bessa para a nona jornada da Liga NOS. Foram dois encontros a contar para o campeonato – uma derrota em Vila do Conde, frente ao Rio Ave (1-0) e um empate com o Nacional (0-0) – e duas eliminatórias das Taças. Foi eliminado na da Liga, pelo Feirense, já nas grandes penalidades, mas segue em frente na de Portugal, graças a um triunfo (1-2) em Loures, após prolongamento. Ainda assim não foi uma digressão desastrosa. Mas foi em casa que a equipa de Petit garantiu mais de setenta e cinco por centos dos pontos na época anterior e isso serve sempre de alento, quanto mais não seja, da confiança do grupo, que sente que tem maior capacidade de lutar no seu terreno. Mais uma vez, Petit está a conseguir espremer ao máximo os recursos que tem e o décimo primeiro lugar, com nove pontos, é a todos os títulos uma boa campanha para os Axadrezados, até ao momento.

Na antevisão do encontro com o Marítimo o treinador foi questionado quanto à suposta agressividade do Boavista, como forma de mascarar a falta de “nota artística”. O antigo jogador considerou essa visão injusta. Eu acho a discussão disparatada, começando pela dificuldade em arranjar uma definição que agrade a todos daquilo que seria a “nota artística”. O Boavista joga com as armas que tem ao seu dispor e, sim, à imagem do que foi Petit enquanto jogador: intenso, não dá uma bola por perdida e competitivo de “antes partir que quebrar”.

Este é o encontro certo para tentar pontuar já que na próxima semana há uma visita à Lua e os Encarnados.

Petit não vai poder contar com Fábio Ervões, Bukia e Uche, lesionados, nem com Renato Santos, que cumpre suspensão.

Onze Provável: Mika – Mesquita, Henrique, Vinicius, Figueiredo – Gabriel, Mandiang – Zé Manel, Lima, Luisinho – Uchebo.

Liga NOSA fraca exibição do Marítimo no sábado passado, na receção ao Paços de Ferreira (0-2), parece ditar mudanças no onze para a deslocação ao Boavista. Ivo Ferreira experimentou algumas alterações nos treinos ao longo da semana e Patrick Vieira, Alex Soares, Éder Bessa e Xavier parecem estar de volta ao grupo dos titulares. Convém não esquecer que Tiago Rodrigues, por castigo, e Rúben Ferreira, por lesão, são duas ausências forçadas que já obrigariam a alternativa. Para o lado esquerdo da defesa o eleito para a vaga é Patrick, que já tinha ocupado o lugar quando o companheiro foi forçado a abandonar o encontro. Alex e Éder devem entrar para o meio-campo, até porque ao que nos foi dado a perceber Ghazaryan não estará a cem por cento e tem sido poupado nos treinos.

Baba e Deyvison ainda só fazem treino condicionado. O guarda-redes Wellington é o outro lesionado.

Onze Provável: Salin – João Diogo, Dirceu, Raúl, Patrick Vieira – Fransergio, Alex Soares, Bessa – Edgar Costa, Dyego Sousa, Xavier.

Boavista 0-2 Marítimo Liga NOS 14/15
Marítimo 4-0 Boavista Liga NOS 14/15
Marítimo 2-0 Boavista bwin LIGA 07/08
Boavista 0-2 Marítimo bwin LIGA 07/08

Os Maritimistas venceram ambos os confrontos da temporada passada, tanto no Bessa como no Funchal, e sem sofrer qualquer golo.

Prognóstico Odd Casa Erro
Vitória do Boavista 2.75 Betrally
Boavista FC logo
Boavista FC
  • País: Portugal
  • Estádio: Bessa Século XXI
  • Cidade: Porto
  • Fundação: 1903

Ver ficha completa

marítimo
Marítimo
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio dos Barreiros
  • Cidade: Funchal
  • Fundação: 1910

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1873
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 787
  • Próg. errados 1059
comments powered by Disqus

Últimos jogos