Menu
Primeira Liga 34ª Jornada

A Bet.pt oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Benfica – Santa Clara (Liga NOS)

Está tudo a postos para se fazer a grande festa no Estádio da Luz. Mas, o Benfica já teve duas experiências terríveis com festejos antecipados. Claro que não me refiro ao clube em si, mas a muitos adeptos que têm feito essa festa por antecipação, e que tão mau resultado deu nos últimos anos. O Benfica entra numa conjuntura muito favorável para esta última jornada. Com dois pontos de vantagem para o FC Porto, e com vantagem no confronto directo, as águias podem-se dar ao luxo de perder dois pontos que mesmo assim assegurarão o 1º lugar, independentemente do resultado que acontecer no clássico entre FC Porto e Sporting. Para o Santa Clara é hora de cumprir calendário, mas nem isso tem deixado a equipa de ser competitiva e somar triunfos. A equipa de João Henriques já consumou a permanência há algumas jornadas atrás, mas nem assim abrandou o ritmo. Mas, poderá estragar a festa ao Benfica, em pleno Estádio da Luz?

O Benfica é o líder da Liga NOS, somando 84 pontos, mais dois que o FC Porto que soma 82 e está no segundo lugar. Caso os encarnados vençam esta edição da Liga NOS será quase um “conto de fadas” tendo em conta que quando Bruno Lage assumiu o comando técnico, os encarnados viam os dragões a 8 pontos de distância. Mas, uma recuperação fantástica aconteceu e a vários níveis. O novo técnico começou por descobrir onde os seus jogadores poderiam render mais. O primeiro jogador foi João Félix que deixou as faixas para jogar como 2º ponta de lança, e os resultados foram imediatos. Depois foi “repescar” um jogador que estava na porta de saída – Seferovic. É verdade, o internacional suíço estava de “malas aviadas” e hoje não ganhou apenas o seu espaço, na equipa principal, como é o melhor artilheiro da Liga NOS. Como se não bastasse ainda emergiram jogadores como o defesa central Ferro e Florentino. Também Samaris, outro jogador que não contava, passou a ser um elemento pendular no meio campo dos encarnados, tal como Gabriel.

Muitas alterações, mas todas elas encontradas dentro da equipa, o que vem deixar a sensação que Rui Vitória tinha condições para fazer muito melhor. Os resultados foram imediatos, o que rapidamente se percebeu que havia um problema no estado motivacional e anímico da equipa. O primeiro jogo foi com o Rio Ave, e logo aí se notou uma grande diferença na capacidade de acreditar. A equipa entrou com o pé esquerdo e viu-se em desvantagem por (0-2) em pleno Estádio da Luz. Mas, os encarnados foram muito a tempo de dar a volta ao texto e venceram por (4-2). Aliás esse seria um dos vários jogos em que a turma de Bruno Lage começaria em desvantagem, como por exemplo com Portimonense e Braga. Nesses dois jogos, no primeiro os encarnados perdiam (0-1) à meia hora de jogo e ainda foram a tempo de vencer por (5-1). E em Braga estiveram em desvantagem, desde bem cedo, mas ainda foram a tempo de de golear o seu adversário por (1-4).

É um Benfica a voar muito alto, com níveis de confiança elevados e que somente uma “hecatombe” poderá não permitir que as águias conquistem o seu 37º título.

Onze Provável: Vlachodimos – André Almeida, Rúben Dias, Ferro e Grimaldo – Pizzi, Samaris, Florentino e Rafa – João Félix e Seferovic

Liga NOSO Santa Clara merece todos os elogios que se possam fazer. E porquê? Pois basta termos memória e recordar que a duas semanas de iniciar a Liga NOS era uma formação recém promovida, e sem jogadores com experiência de Liga NOS. Mas, nos últimos dias do mercado chegaram jogadores com provas dadas, como: Patrick, César, Fábio Cardoso e Anderson Carvalho. A experiência na Liga NOS começava a ganhar forma.

Mas, isso foi apenas o começo, e mesmo assim muitos continuaram céticos num bom desempenho da equipa insular. O treinador era João Henriques, “o tal” que não tinha conseguido evitar a descida do Paços de Ferreia à segunda liga. Ou seja, eram muito poucas as dúvidas que o Santa Clara seria uma das equipas com mais chances de não aguentar a sua permanência na Liga NOS. Mas, a equipa insular tratou de provar, jogo após jogo, que essas opiniões estavam totalmente erradas.

A forma como o Santa Clara jogou, olhos nos olhos, com os seus adversários, sobretudo na primeira volta, foi algo digno de registo. A estrutura base foi dada pelos tais jogadores que vieram dar experiência de 1ª divisão, mas também emergiram jogadores como o avançado Fernando (agora no FC Porto), Rashid, um médio todo o terreno, e ainda Bruno Lamas. Na 2ª volta o Santa Clara já não era uma surpresa, mas sim uma certeza. Mudou o “chip” na 2ª volta, fruto dos pontos que amelhou na 1ª ronda, e passou a ser uma equipa bem mais prudente. No entanto, nestas duas últimas jornadas, viu-se novamente o Santa Clara 1ª versão, uma equipa muito ofensiva, prática e sem medo de jogar de igual para igual. O espectáculo agradece e o público rejubilou com os muitos golos que se marcaram.

Onze Provável: Marco – Patrick, César, Fábio Cardoso e João Lucas – Chico Ramos, Rashid, Zé Manuel, Bruno Lamas e Ukra – Schettine

O Benfica é amplamente favorito a vencer este jogo, apesar do empate lhe servir. Mas, jamais as águias jogarão para o empate, e tentarão resolver o jogo o mais rápido possível para que não deixem crescer os níveis de ansiedade. Espera-se uma entrada forte, com boas probabilidades das águias estarem a vencer ao intervalo. Assim, com a maior parte das odds “esmagadas” realço uma aposta que me parece “competitiva” cotando a 1.68 em Bet.pt. Benfica HT/FT e mais de 2.5 golos.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
HT/FT: Benfica e Mais de 2.5 Golos 1.68 Bet.pt
benfica
Benfica
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio da Luz
  • Cidade: Lisboa
  • Fundação: 1904

Ver ficha completa

Santa Clara logo
Santa Clara
  • País: Portugal
  • Estádio: São Miguel
  • Cidade: Ponta Delgada
  • Fundação: 1927

Ver ficha completa

Duarte Pinto
  • Próg. realizados 229
  • Média Odds usadas 1.76
  • Próg. certos 125
  • Próg. errados 98
comments powered by Disqus

Últimos jogos