Do que falar, em início de época, quando a equipa campeã, em título, está a ser dizimada?

Por mais que o FC Porto se espanholize, o Sporting CP queira ser levado a sério, o Boavista insista na relva sintética ou que as eleições da Liga de Clubes tenham de ser repetidas por alegadas irregularidades, o que está na ordem do dia, futebolístico, entenda-se, é a desgraça que têm sido os jogos de pré-época de um Benfica campeão Nacional, vencedor da Taça de Portugal e da Taça da Liga e duas vezes seguidas finalista da Liga Europa.

Mas afinal, o que é que se passa, Benfica?

Ouve-se, à boca cheia, e é hoje também comentado por José Maria Delgado no jornal A Bola, que o grande problema do SL Benfica é o grande problema do BES. Pois. Mas se assim é, Luís Filipe Vieira, o Presidente benfiquista, já deveria ter vindo avisar os accionistas (afinal o SLB é cotado em Bolsa), os sócios, os adeptos e demais apoiantes de uma das mais importantes (senão a mais importante das) equipas nacionais. Dar-lhes uma palavrinha. Uma explicação. Para se perceber, por exemplo, como é que o Ezequiel Garay foi vendido tão barato, e se foi comprar um jogador como Luís Felipe.

Tudo estaria bem, no reino dos adeptos benfiquistas, se esta fosse uma época de renovação, de revolução, de um novo começo. Mas não é, é uma época que se queria de continuidade. Aliás, é de supor que seja, até, a última época de Jorge Jesus aos comandos da equipa do SL Benfica. Nesse sentido, que sentido faz a revolução? Não deveria Jorge Jesus ter todas as condições para deixar o SL Benfica, no final da época, com a renovação de um título que já não acontece há quase uma eternidade? E que deixasse, como legado, uma equipa consistente para o futuro, fosse ele qual fosse? Este dizimar de uma equipa, só pode ser por questões económicas, presume-se.

Mas se, por razões económicas, o Benfica está a comprar mal (bom e barato não existe, ou é um num milhão), não faria mais sentido promover os B’s e os júniores da casa? Ir buscar alguns dos finalistas do Europeu de sub-19? Se é para não lutar pelo campeonato (como parece), não faria mais sentido apostar no futuro?

Benfica 1 - 0 RioAve

No final da Taça de Portugal, o Benfica venceu o Rio Ave por 1 a 0. Como vai sr agora na Supertaça?

No próximo Domingo, dia 10 de Agosto, o SL Benfica disputa com o Rio Ave o primeiro troféu da temporada. Jorge Jesus já não se pode esconder atrás de jogos de pré-época. Já não pode desculpar-se com os jogadores lesionados, como o fez com o Eusebio’s Cup. E, de todas as maneiras, é de lembrar que, no ano passado, Paulo Fonseca, como treinador do FC Porto, também ganhou a Supertaça. E depois?

E depois, Benfica?

Afinal, quais serão os 25 eleitos com os quais Jorge Jesus disse que queria a compor a sua equipa? Ainda faltam vir jogadores. Virão mesmo? Jorge Jesus disse que falta um guarda-redes, um médio defensivo e um avançado. Bom, depois do que se tem visto a Artur, é melhor mesmo despacharem o assunto do guarda-redes. Mas tal não será fácil. Sergio Romero, o preferido, parece querer continuar a ser suplente no Mónaco. Agora viraram-se para a Grécia. Mas tudo são notícias de jornal. Nada é garantido. Quanto ao médio defensivo, é verdade que as coisas não andam famosas. Depois de Javi Garcia e Matic, parecia que Fejsa estava a caminho para ser o trinco de serviço. Está há meio ano lesionado. Rúben Amorim pode fazer a zona, mas não é o seu melhor papel. Quanto ao avançado, depois das saídas de Rodrigo, Funes Mori e Djuricic, chegou, finalmente, a vez de Cardoso. Se já era difícil repor Rodrigo, como será que se vai substituir Oscar Cardoso? Atente-se nas contas que o jornal A Bola fez sobre as 7 épocas de Cardoso no Benfica: 111 golos em 175 jogos da Liga; 19 golos em 23 jogos na Taça de Portugal; 7 golos em 18 jogos na Taça da Liga; 34 golos em 76 jogos nas Competições Europeias. Um total de 171 golos em 293 jogos. Ganhou 2 Campeonatos Nacionais; 2 Taças de Portugal; 5 Taças da Liga. Foi, por duas vezes, vencedor da Bola de Prata. Concretizou 42 golos em 53 grandes penalidades. Foi o Melhor Marcador Estrangeiro ao serviço do Benfica. O segundo Melhor Marcador do Benfica, nas provas europeias, a seguir a Eusébio. O nono melhor Marcador de Sempre do Benfica. O décimo Melhor Marcador do Benfica nos jogos da Liga. O terceiro jogador com Mais Jogos Europeus pelo Benfica. Como é que substitui um jogador como Oscar Cardoso?

Benfica 1 - 3 Valencia

E depois dos 5 a 1, os 3 a 1. O Benfica de derrota em derrota…

E é de pensar que, jogadores como Maxi Pereira e Luisão estarão em fim-de-ciclo. Que jogadores como Nico Gaitán e Enzo Pérez, se não saírem este ano terão de sair para o próximo ano. E como é que se vai rentabilizar estes activos com uma equipa medíocre? Valerão, no próximo ano, o mesmo que poderiam valor hoje?

E que equipa ficará para o Benfica pós Jorge Jesus? Isto, partindo do princípio que Jorge Jesus sairá no final da época.

Mas a questão que então se colocará é, de que serviram estes anos ao Benfica se foi tudo destruído?

Para já, para já, o que conta é que o SL Benfica perdeu a equipa vencedora da época passada, só ganhou 2 jogos na pré-época, foi goleado num desses jogos, e não se vislumbra equipa para a Liga, muito menos para a Europa. E mais, se o SL Benfica quiser, como até aqui, equilibrar as contas, quem é que irá vender, se não conseguir fazer uma equipa?

Boas Apostas!