Menu
Primeira Liga 12ª Jornada

Benfica – Académica (Liga NOS)

A jornada doze da Liga NOS arranca no Estádio da Luz, com uma receção dos Encarnados aos Estudantes. O Benfica reagiu bem ao trauma do dérbi garantindo a passagem aos oitavos da Liga dos Campeões e tornando simples um embate em Braga que se adivinhava renhido. A Briosa empatou os cinco últimos jogos, o que comparado com o início da temporada é uma melhoria. Mas não chega para escapar ao fundo da tabela. A estatística diz-nos que também não deve ser esta sexta que regressa às vitórias.

Eu sei que os adeptos Benfiquistas ainda não estão convencidos pelo novo técnico e ainda torcem o nariz mas analisando desapaixonadamente Rui Vitória não se está a sair nada mal no seu ano de estreia na Luz. O apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões está garantido, ainda antes da derradeira ronda da fase de grupos. E o Benfica está no terceiro lugar no campeonato nacional, a seis pontos do FC Porto, que é segundo, mas com um jogo a menos. Eu sei, para os Encarnados a expetativa é sempre o primeiro lugar e nesse sentido pode haver desilusão. Mas para sermos justos ele herdou uma situação explosiva em termos de expetativas e um plantel em transformação.

A visita do Benfica, na segunda-feira, à Pedreira era o embate mais aguardado da jornada. Esperava-se que a equipa de Paulo Fonseca proporcionasse uma noite difícil aos Encarnados mas as condicionantes do jogo mudaram isso quando de imediato. O primeiro golo, atribuído ao guardião Arsenalista, mas decorrente de uma ação de Pizzi, logo aos três minutos, aliviou a pressão sobre os visitantes e de certa forma abafou durante largos minutos os homens da casa. Aos onze, Lisandro López confirmou a prevalência das Águias no encontro e a partir daí a equipa pode gerir o resultado. Nem sempre isso acontece mas neste caso os intervenientes nos golos foram merecidamente as figuras em destaque na equipa encarnada. Pizzi foi importantíssimo no posicionamento tático e o defesa argentino voltou a estar impecável na oportunidade de substituir o seu capitão. Neste sentido, faltou o golo de Renato Sanches. Quem diria que este jovem de dezoito anos ainda não tem sequer uma mão cheia de jogos na equipa principal.

O plantel benfiquista tem quatro indisponíveis por lesão: Luisão, Silvio, Salvio e Nelsón Semedo.

Onze Provável: Júlio César – André Almeida, Jardel, Lisandro, Eliseu – Pizzi, Samaris, Renato Sanches, Guedes – Jiménez, Jonas.

Liga NOSA Académica de Coimbra teve um início de campeonato para esquecer. Foi preciso esperar até à jornada sete para reclamar os primeiros pontos. Por sinal na única vitória na Liga, até ao momento, na receção ao Marítimo (1-0), já com Filipe Gouveia como responsável técnico. Seguiu-se novo triunfo, dessa feita a contar para a Taça de Portugal, eliminando a Sanjoanense (1-5), e uma série de cinco empates consecutivos. Não é mau quando comparado com o trecho inicial mas a Briosa vai ter que fazer bastante mais para conseguir escapar à zona de despromoção. O clube de Coimbra é penúltimo na tabela, com sete pontos em onze jogos.

No domingo os Estudantes receberam o Arouca, de Lito Vidigal, e a divisão de pontos foi fraco consolo. A equipa da casa entrou muito bem na partida, com grande movimentação nas laterais – Nii Plange e Hugo Seco a fazerem estragos – e Gonçalo Paciência muito ativo em frente à baliza. Aos treze o filho de Domingos abriu o marcador e tudo parecia ir bem encaminhado. Mas este desequilíbrio inicial foi desaparecendo, com as duas equipas a encaixar. Ao chegar a meia hora já o ascendente começava a mudar de lado e ainda antes do intervalo o Arouca fazia a igualdade. Foi um jogo disputado, de parte a parte, intenso como infelizmente escasseiam ser as partidas da Liga NOS. Nos descontos Gonçalo voltou a meter a bola na baliza mas a equipa de arbitragem considerou que Leandro Silva, que esteve no início do lance, se encontrava fora de jogo. Foi a loucura nas bancadas e não só. Marinho acabou expulso e cumpre castigo.

Com o regresso de Fernando Alexandre aos treinos o plantel está praticamente todo à disposição de Gouveia. O único lesionado passa a ser Obiora.

Onze Provável: Trigueira – Oualembo, Iago Santos, Nascimento, Emídio Rafael – Fernando Alexandre, Aderlan – Hugo Seco, Plange – Pacência.

Benfica 5-1 Académica Liga NOS 14/15
Académica 0-2 Benfica Liga NOS 14/15
Benfica 3-0 Académica Liga 2013/14
Académica 0-3 Benfica Liga 2013/14
Benfica 1-0 Académica Liga ZON Sagres 12/13
Académica 0-4 Benfica Taça Portugal 12/13
Benfica 3-2 Académica Taça da Liga 2012/13

A Académica perdeu nas últimas cinco deslocações à Luz.

Prognóstico Odd Casa Erro
Ambas as Equipas Marcam 3.15 Betrally
benfica
Benfica
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio da Luz
  • Cidade: Lisboa
  • Fundação: 1904

Ver ficha completa

academica
Académica
  • País: Portugal
  • Estádio: Cidade de Coimbra
  • Cidade: Coimbra
  • Fundação: 1887

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1938
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 810
  • Próg. errados 1100
comments powered by Disqus

Últimos jogos