Menu

Belenenses – Paços de Ferreira (Liga NOS)

Num encontro que conta muito mais para o Paços de Ferreira, inserido na luta por um lugar europeu, do que para o Belenenses, que terá o seu poiso final no meio da tabela da Liga NOS, outras histórias haverão por contar. O regresso de Jorge Simão ao Restelo faz-se com a prova de que este técnico tinha todas as condições para montar uma equipa de respeito no clube da cruz de cristo, uma realidade que, aliás, nem é virgem. Tal como ele, também Lito Vidigal, outro dos técnicos dispensados do Belenenses, está na luta pela Liga Europa. A história pode ter vários pontos de vista, mas o futebol apresentado e os resultados são inegáveis. Ao querer ser melhor, o Belenenses deixou sair duas pessoas que poderiam ser chave nesse processo.

O Belenenses, curiosamente, continua a viver um período positivo. A equipa não tem, esta temporada, o mesmo equilíbrio do que no passado, ainda que tenha conseguido uma boa prestação europeia. A chegada de Júlio Velazquez ainda prometeu alguma renovação em termos de jogo, pelo seu discurso, mas acabou por se revelar um pouco vazia de conteúdos – o que não significa que o Belenenses não tenha estabilizado e aprendido a ser uma equipa que vence aqueles que lhe são inferiores. Parecendo que não, esta é uma lição de enorme validade para quem vive no meio da tabela. Vencer em Setúbal foi, no entanto, o último resultado positivo. Perante os aflitos Académica e Boavista, os azuis não foram além de um empate e uma derrota. Regressar a casa poderá significar regressar aos pontos, ainda que a vitória se adivinhe complicada perante uma equipa que é superior ao clube do Restelo. Tonel está lesionado, Abel Aguilar, Lucas Pugh e Bakic estão condicionados e a lista de castigados é também extensa: Ricardo Dias, André Geraldes e Gonçalo Silva ficam de fora. Vida complicada para Velazquez organizar o seu conjunto.

Onze Provável: Ricardo Ribeiro – Tiago Almeida, Rafael Amorim, Gonçalo Brandão, Filipe Ferreira – André Sousa – Fábio Sturgeon, Rúben Pinto, Tiago Silva, Miguel Rosa – Juanto.

Liga NOSO Paços de Ferreira olha para cima e vê o Rio Ave como equipa a alcançar, de modo a poder regressar às competições europeias. As três vitórias consecutivas frente a FC Porto, União da Madeira e SC Braga tornam esse sonho exequível, mas a série vencedora não poderá ficar por aqui. Para os homens de Jorge Simão, este é um momento de verdade, onde todas as qualidades têm que ser demonstradas dentro de campo e a capacidade de se adaptar a realidades muito diferentes exigem concentração máxima. Há um mundo a separar a forma como se ganha, em casa, a Porto ou Braga, daquela que permite vencer no terreno do União da Madeira. O facto do Belenenses já não ter objetivos no campeonato e estar, devido a inúmeras ausências, algo fragilizado, poderá abrir janelas de oportunidade diferentes. Mas será sempre um jogo entre equipas que olham para a organização ofensiva como forma de somar pontos. Jorge Simão conhece bem aquilo que o espera no Restelo e estará preparado para fazer a diferença. Bruno Santos e Edson Farias, castigados, são ausências certas, aos quais se juntam os lesionados Marco Baixinho, Christian e Romeu.

Onze Provável: Rafael Defendi – João Góis, Fábio Cardoso, Ricardo, Hélder Lopes – Pelé, Rodrigo António – Barnes Osei , Minhoca, Diogo Jota – Bruno Moreira.

A última época em que o Belenenses venceu o Paços foi em 2007/08. Há, portanto, muito tempo que os azuis perseguem uma vitória que não lhes será fácil neste jogo.

Paços Ferreira 2-2 Belenenses J15
Liga NOS 15/16
Belenenses 0-1 Paços Ferreira J23
Liga NOS 14/15
Paços Ferreira 2-0 Belenenses J6
Liga NOS 14/15

A equipa do Paços de Ferreira tem o ascendente numa partida que poderá vir central na luta pela Europa.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória do Paços de Ferreira 2.80 Betrally
belenenses
Belenenses
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio do Restelo
  • Cidade: Lisboa
  • Fundação: 1919

Ver ficha completa

pacosferreira
Paços de Ferreira
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio da Mata Real
  • Cidade: Paços de Ferreira
  • Fundação: 1950

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2838
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1332
  • Próg. errados 1465
comments powered by Disqus

Últimos jogos