Menu

Bayern de Munique – Atlético de Madrid (Liga dos Campeões)

O Bayern de Munique e o Atlético de Madrid medem forças esta terça-feira na Allianz Arena, em Munique, num embate a contar para a 2ª mão das meias finais da Liga dos Campeões. Após ter descansado alguns jogadores no fim de semana, a equipa da casa chega aqui com a difícil tarefa de inverter o marcador depois de terem perdido a 1ª mão em Madrid, por 1-0. Já o Atlético de Madrid, que também descansou alguns jogadores habituais, irá deixar tudo em campo para conseguir fechar a sete chaves todos os caminhos que levem os Bávaros à sua baliza.

Bayern de Munique entrou nesta edição da Liga dos Campeões directamente para o Grupo F, constituído pelo Arsenal, Olympiakos e Dinamo Zagreb, tendo-se qualificado como líder do agrupamento à fase de eliminatórias, onde tirou do seu caminho a Juventus e o Benfica. Contudo, na 1ª mão destas meias finais, os Bávaros encontraram um Atlético de Madrid que se colocou em vantagem no marcador logo ao minuto 11, através de Saúl Ñíguez, e que os impediu de praticar o seu típico estilo de futebol, e apesar dos alemães entrarem na 2ª parte com uma postura bem diferente, criando algumas ocasiões de golo para o empate, estes acabaram por sair de Madrid sem conseguirem marcar fora de portas, trazendo assim a decisão da meia final para o seu território. Já a poucos dias de abandonar os comandos do Gigante da Baviera, rumo ao Manchester City, o técnico Pep Guardiola está a um passo de ser o primeiro tetracampeão germânico e, se vencer a Champions, estará a levantar o único troféu que ainda não venceu ao serviço do Bayern de Munique. Na Bundesliga, os Bávaros ocupam o 1º lugar com 82 pontos, fruto de 26 vitórias, 4 empates e 2 derrotas, com parciais de 75 golos marcados e 15 golos sofridos.

Os pupilos do técnico espanhol, na última jornada, desperdiçaram a oportunidade de se sagrarem tetracampeões em casa, com os seus adeptos, ao não conseguirem melhor que um empate por 1-1 na recepção ao Borussia M’Gladbach, adiando, talvez, os festejos até à próxima jornada, ficando ainda com 5 pontos de vantagem sobre o 2º classificado Borussia Dortmund. Importa ainda destacar que o campeonato alemão não é o único título ao seu alcance, visto que também se encontra na final da Taça da Alemanha, com o seu grande rival Borussia Dortmund também pela frente. Agora, no inferno da Allianz Arena, o Gigante da Baviera irá procurar anular a desvantagem mínima de 1-0, tentando pôr em prática o seu habitual estilo de jogo, onde tentam controlar o jogo no meio campo adversário, privilegiando um futebol de posse e fazendo passes curtos e rápidas trocas de posições, de forma a tentar criar algum desiquilíbrio na defensiva adversária. O Gigante da Baviera não perde em casa para a Liga dos Campeões desde a meia final da temporada de 2013/14, onde foi derrotado pelo Real Madrid, e venceu 20 de 22 jogos disputados na Allianz Arena esta temporada, marcando 70 golos e sofrendo apenas 10.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Bayern de Munique apresenta um histórico de 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma vitória por 3-0 na recepção ao Schalke 04. Seguiu-se uma vitória por 2-0 na recepção ao Werder Bremen, em jogo a contar para a Taça da Alemanha, uma vitória por 0-2 em terreno do Hertha Berlim, uma derrota por 1-0 em terreno do Atlético de Madrid, em jogo a contar para a Liga dos Campeões, e na última jornada, um empate por 1-1 na recepção ao Borussia M’Gladbach. Holger Badstuber e Arjen Robben são baixas confirmadas, ambos lesionados.

Onze Provável: Neuer – Lahm, Martínez, Alaba e Bernat – Vidal – Costa, Muller, Alcántara e Ribéry – Lewandowski.

Liga dos CampeõesAtlético de Madrid, por sua vez, entrou nesta edição da Liga dos Campeões directamente para o Grupo C, constituído pelo Benfica, Galatasaray e Astana, qualificando-se como líder do agrupamento à fase de eliminatórias, onde tirou do seu caminho o PSV e o poderoso Barcelona. Na 1ª mão destas meias finais, no Vicente Calderón, os Colchoneros colocaram-se na frente do marcador logo ao minuto 11, através de um lance individual de Saúl Ñíguez, num jogo onde os espanhóis tinham uma estratégia bem delineada e os jogadores estavam a cumprir as suas funções na perfeição, impedindo o Bayern de Munique de pôr em prática o estilo de jogo preferido, um futebol de posse de bola. Contudo, após o intervalo os alemães apareceram no jogo com uma postura completamente nova, passando a conseguir ter muito mais posse de bola e a fazer o conjunto da casa recuar no terreno, vendo o adversário a criar situações para chegar ao empate. Ao contrário deste seu oponente em jogo, os pupilos de Diego Simeone precisam de continuar a dar tudo no campeonato espanhol, visto que ocupam o 2º lugar com os mesmos 85 pontos que o líder Barcelona, fruto de 27 vitórias, 4 empates e 5 derrotas, com parciais de 60 golos marcados e 16 golos sofridos. Com os mesmos pontos que o líder do campeonato, e apenas 1 de vantagem sobre o 3º classificado Real Madrid, os Colchoneros não podem desviar todas as suas atenções para a Liga dos Campeões, visto que ainda têm oportunidade de se sagrarem campeões espanhóis.

Apesar da vantagem mínima de 1-0 na 1ª mão, este jogo tem tudo para ser épico, tendo em conta que os Indios são conjunto conhecido por deixar a pele em campo em todos os jogos se for necessário e irão fechar a sete chaves todos os caminhos para a sua baliza. Os Madrilenos deverão jogar como já nos habituaram, sempre atrás da linha da bola, oferecendo a iniciativa aos alemães e procurando sair em transições rápidas. Nos últimos 6 jogos, de todas as competições, esta turma orientada por Diego Simeone saiu sempre vencedora e com a sua baliza inviolável. Na Liga dos Campeões, os Indios venceram 6 dos 11 jogos disputados, empatando 3 e perdido os 2 restantes, tendo marcado 15 golos e sofrido apenas 5. Importa destacar que é importante para os Madrilenos a presença de Godín para este jogo, algo que iria transmitir maior segurança e organização defensiva à equipa, tal como a presença de Carrasco, que seria uma mais valia para o sector ofensivo.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Atlético de Madrid apresenta um histórico de 5 vitórias. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma vitória por 3-0 na recepção ao Granada. Seguiu-se uma vitória por 0-1 em terreno do Athletic Bilbao, uma vitória por 1-0 na recepção ao Málaga, uma vitória por 1-0 na recepção ao Bayern de Munique, em jogo a contar para a Liga dos Campeões, e na última jornada, uma vitória por 1-0 na recepção ao Rayo Vallecano. Tiago é baixa confirmada por lesão, ficando em dúvida a presença de Godín e Carrasco, ambos condicionados.

Onze Provável: Oblak – Juanfran, Giménez, Godín e Luis – Ñíguez, Koke, Gabi e Carrasco – Griezmann e Torres.

Em toda a história existiram 3 confrontos directos, tendo cada uma das equipas vencido 1 partida, e a restante a terminar empatada.

Atlético Madrid
1-0
Bayern de Munique
LC 2015/16
Bayern de Munique
4-0
Atlético Madrid
TC 1973/74
Bayern de Munique
1-1(a.p.)
Atlético Madrid
TC 1973/74

Este será, provavelmente, o jogo mais emocionante destas meias finais, com um Atlético de Madrid ciente das suas capacidades e das qualidades do seu oponente, sendo de esperar que deixem o conjunto da casa tomar iniciativa enquanto esperam pela altura certa para saírem em transições rápidas. Contudo, sair da Allianz Arena sem sofrer golos do poderoso Bayern de Munique não será tarefa fácil, visto que estes apresentam um caudal ofensivo invejável, demonstrando grande facilidade em criar e finalizar situações de perigo. Tendo então em conta que a jogar em casa os Bávaros são um conjunto que marcam bastantes golos, e que o Atlético de Madrid é muito venenoso no contra-ataque, torna-se difícil apontar um favorito a chegar à final, no entanto, é de esperar que ambas equipas consigam visar a respectiva baliza adversária.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Ambas Equipas Marcam 2.05 Betrally
bayern de munique
Bayern Munique
  • País: Alemanha
  • Estádio: Allianz Arena
  • Cidade: Munique
  • Fundação: 1900

Ver ficha completa

atle de madrid
Atlético de Madrid
  • País: Espanha
  • Estádio: Vicente Calderón
  • Cidade: Madrid
  • Fundação: 1903

Ver ficha completa

Fabio Mota
Fabio Mota
  • Próg. realizados 1996
  • Média Odds usadas 1.82
  • Próg. certos 1038
  • Próg. errados 855
comments powered by Disqus

Últimos jogos