Menu
  • 12 novembro
  • 17:00
  • Betrally

Áustria – República da Irlanda (Mundial 2018)

Sem dúvida que o Grupo D é aquele que, nesta caminhada para a Rússia 2018, apresenta um maior número de candidatos e um maior grau de incerteza quanto à definição do primeiro e segundo classificados. Para já, com alguma surpresa à mistura, a Sérvia apresenta-se a um nível elevado, com a República da Irlanda a ser também primeiro classificada, com os mesmos pontos. O País de Gales segue em terceiro lugar e a Áustria em quarto, apenas com uma vitória em três encontros. Pelo meio, a Geórgia também já demonstrou ter capacidade para estorvar os objetivos dos quatro candidatos, pelo que perder pontos, neste Grupo D, pode acabar por se transformar numa antecâmara para a ausência do Mundial. Uma mensagem a ter em conta pelas duas equipas, com principal foco para a austríaca.

A presença da Áustria no Euro 2016 terá representado, de certa forma, a quebra de uma magia que a equipa vinha construindo em redor do seu futebol. Uma atitude vitoriosa alcançada na fase de qualificação não teve consequência na presença em França e, neste momento, olha-se para esta equipa como uma sombra daquilo que poderia ser. Ao mesmo tempo, parece inegável dizer que os austríacos não sobreviveram ao conhecimento que os seus adversários possuem do seu conjunto, quebrando por terem a maioria das suas ameaças centralizadas num só jogador. A vitória na Geórgia, pela margem mínima, deixou no ar um prenúncio do que se viria a ver. Empatar em casa com o País de Gales, no contexto do grupo, já foi um mau resultado, perder na Sérvia fragilizou ainda mais as ambições do conjunto. Agora, de novo em casa, enfrenta um jogo de quase vida ou morte, perante uma República da Irlanda que se mantém muito mais constante. Robert Almer, Sebastian Prodl e Zlatko Junuzovic são as ausências de maior destaque na convocatória de Marcel Koller.

Onze Provável: Ozcan – Klein, Dragovic, Hinteregger, Wimmer – Baumgartlinger, Alaba – Sabitzer, Harnik, Arnautovic – Janko.

Mundial 2018 - RussiaA República da Irlanda, pelo contrário, saiu do Europeu com a sua confiança em alta, ao fazer tremer a França nos oitavos-de-final, começando desde logo a enquadrar a sua preparação para alcançar uma presença na Rússia. Pelo que vemos hoje, o empate na jornada inaugural, em território sérvio, foi um resultado muito interessante, complementado com vitórias sobre a Geórgia e a Moldávia, dois dos adversários mais acessíveis deste grupo. Agora começam os jogos frente a rivais que têm os mesmos objetivos e ambições. E, um pouco à imagem do que se passou na Sérvia, a Irlanda poderá ficar satisfeita se alcançar um empate. A questão é que os irlandeses querem mais, até porque precavendo uma eventual quebra da equipa austríaca e queda para o quarto lugar, o empate que hoje parece positivo, no futuro poderia acabar por ter uma carga negativa. É nesta complexidade matemática que se vive, num grupo de enorme equilíbrio. Stephen Ward, James McCarthy e Shane Long são as ausências de maior nomeada na lista de Martin O’Neill.

Onze Provável: Randolph – Coleman, Duffy, Clark, Ward – Hendrick, Whelan, Brady – McGeady, Walters, McClean.

As duas seleções encontraram-se no caminho para o Mundial 2014, com um empate e uma vitória austríaca como resultados. Aliás, a seleção irlandesa não vence esta sua congénere desde 1963.

Com um borrego para matar, a República da Irlanda deverá dar-se por satisfeita com um empate, num jogo em que a Áustria não pode perder.

Prognóstico Odd Casa Erro
Empate 3.35 Betrally
Austria
Áustria
  • País: Áustria
  • Estádio:
  • Cidade: Viena
  • Fundação: 1904

Ver ficha completa

Irlanda
Rep. Irlanda
  • País: Rep. Irlanda
  • Estádio:
  • Cidade: Dublin
  • Fundação: 1921

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2838
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1332
  • Próg. errados 1468
comments powered by Disqus

Últimos jogos