Menu

Atlético Mineiro – Racing Club (Taça Libertadores)

O Atlético Mineiro e o Racing Club colocam-se frente a frente nesta madrugada de quinta-feira no Mineirão, Belo Horizonte, num embate a contar para a 2ª mão dos oitavos de final da Taça Libertadores. A equipa da casa chega aqui desmotivada ao sair derrotada na 1ª mão da final do campeonato Mineiro, tendo agora que ultrapassar esse desaire e conseguir melhor que o empate sem golos da 1ª mão, na Argentina. Já o Racing Club chega aqui motivado ao vencer em casa do Huracán no campeonato argentino, ambicionando aqui um resultado positivo que os coloque nos quartos de final.

Atlético Mineiro começou por entrar neste prova para o Grupo 5, constituído pelo Independiente del Valle, Colo-Colo e Melgar, tendo-se qualificado à fase de eliminatórias como líder deste agrupamento. Na 1ª mão desta eliminatória o Galo viajou até ao reduto do Racing Club, em Avellaneda, onde não conseguiu melhor que um empate sem golos num jogo onde apesar de ter conseguido superioridade na posse de bola, criou poucas ocasiões de golo comparando com seu adversário. Fora desta competição, este conjunto aos comandos de Diego Aguirre ainda se encontra em disputa do Campeonato Mineiro, prova que já venceu por 42 vezes, tendo já alcançado a final onde disputou a 1ª mão com o América Mineiro e acabou derrotado por 2-1, tendo a 2ª mão já no dia 8 deste mês. A actuar em casa na Taça Libertadores, o Galo disputou apenas 3 encontros, tendo vencido todos eles e marcado 8 golos sem conceder nenhum. No geral, nos 11 jogos de todas as competições disputados em casa, os homens de Diego Aguirre venceram 7 embates, tendo empatado apenas 1 e perdido os 3 restantes, marcando 24 golos e concedendo 10. O Galo apresenta-se então como uma equipa forte a actuar no seu reduto e com o apoio dos seus adeptos, o que deixa claro o peso do factor casa neste encontro.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Atlético Mineiro apresenta um histórico de 2 vitórias, 2 empates e 1 derrota. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma derrota por 4-0 na recepção ao Melgar, em jogo a contar para a Taça Libertadores. Seguiu-se um empate por 2-2 em terreno do URT, uma vitória por 2-0 na recepção ao URT, um empate por 0-0 em terreno do Racing CLub, em jogo a contar para a Taça Libertadores, e na última jornada, uma derrota por 2-1 em terreno do América Mineiro. Luan é baixa confirmada, por lesão.

Onze Provável: Víctor – Marcos Rocha, Silva, Erazo e Santos – Donizete e Rafael Carioca – Urso, Dátolo e Robinho – Pratto.

copa libertadores 2014Racing Club, por sua vez, começou por entrar nesta prova para a Ronda Preliminar Pré-Libertadores, onde tirou o Puebla, do México, do seu caminho, avançando assim para o Grupo 3, constituído pelo Boca Juniores, Bolívar e Deportivo Cali. qualificando-se como 2º classificado do agrupamento. Na 1ª mão desta etapa da competição, La Academia não conseguiu tirar proveito do factor casa, deixando terminar o jogo empatado a zero, num embate onde apesar de terem tido ligeiramente menor posse de bola, realizaram um maior número de investidas à baliza brasileira, no entanto, todas elas sem sucesso. Já o no campeonato argentino, este conjunto aos comandos de Facundo Sava ocupa o 5º lugar do Grupo B com os mesmos 20 pontos que o 4º classificado Huracán, fruto de 5 vitórias, 5 empates e 2 derrotas, com parciais de 26 golos marcados e 24 golos sofridos. Nos 4 embates disputados fora de portas na Taça Libertadores, La Academia acabou por empatar todos os 4 jogos, tendo marcado 5 golos e sofrido outros 5. No geral, nos 11 jogos disputados fora de casa de todas as competições, os argentinos venceram 3 confrontos, empatando 5 e perdido os 3 restantes, marcando 21 golos e sofrendo outros 21 no processo. La Academia demonstra então dificuldades quando joga fora do seu território, e o facto de não ter conseguido marcar nenhum golo em casa poderá sair-lhe caro aqui.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Racing Club apresenta um histórico de 1 vitória e 4 empates. Seguiu-se um empate por 2-2 na recepção ao Argentinos Juniors. Seguiu-se um empate por 1-1 em terreno do Bolívar, em jogo a contar para a Taça Libertadores, um empate por 0-0 na recepção ao Independiente, um empate por 0-0 na recepção ao Atlético Mineiro, em jogo a contar para a Taça Libertadores, e na última jornada, uma vitória por 0-1 em terreno do Huracán.

Onze Provável: Saja – Pillud, Vittor, Sánchez e Grimi – Aued e Videla – Noir, Romero e Acuña – López.

Em toda a história, existiu apenas 1 confronto directo, tendo este terminado empatado.

Racing Club
0-0
Atlético Mineiro
Libertadores 2016

Este é então um jogo onde o factor casa parece ter grande peso, visto que o Atlético Mineiro apresenta uma boa campanha nos embates no seu reduto, principalmente nesta competição, a passo que o Racing Club apresenta grandes dificuldades a jogar fora de portas. Tendo em conta o empate sem golos da 1ª mão, este jogo deverá ser mais intenso e mais aberto com as duas equipas a adoptarem um estilo de jogo mais ofensivo. Adivinham-se então várias ocasiões de golo para os dois lados, com o Galo a ser favorito a levar a melhor.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória do Atlético Mineiro 1.62 Betrally
atlético mineiro
Atlético Mineiro
  • País: Brasil
  • Estádio: Independência
  • Cidade: Belo Horizonte
  • Fundação: 1908

Ver ficha completa

racing club
Racing Club
  • País: Argentina
  • Estádio:
  • Cidade: Avellaneda
  • Fundação: 1903

Ver ficha completa

Fabio Mota
Fabio Mota
  • Próg. realizados 1985
  • Média Odds usadas 1.82
  • Próg. certos 1029
  • Próg. errados 850
comments powered by Disqus

Últimos jogos