Menu
LaLiga 1ª Jornada

Atlético Madrid – Alavés (La Liga)

Vai começar a Liga espanhola, este ano com o patrocínio do Banco Santander, mas com uma das melhores notícias a ser a continuidade de Diego Simeone no banco do Atlético Madrid. O treinador argentino chegou a colocar a hipótese de saída, situação que muito alarmou os adeptos colchoneros, mas como revelou em entrevista dada esta semana, sair este verão seria fazê-lo com uma história por terminar, sem um final positivo, pelo que a decisão foi sempre a de ficar e continuar a crescer com uma equipa que desafia os limites impostos pelos gigantes, em termos de investimento, Barcelona e Real Madrid. A entrevista de Simeone é bastante interessante para perceber todo o projeto do Atlético. Por um lado, a forma como o treinador privilegia a organização, sublinhando, e bem, como até os melhores do mundo precisam de ter um entorno que os faça brilhar. Depois, revelando que o seu modelo nunca é um modelo terminado, antes uma ideia a partir da qual se vão desenvolvendo novas coisas e que vão fortalecendo a ideia inicial. Finalmente, revelações sobre a crença em Griezmann como um dos melhores jogadores do mundo, neste momento, sobre o seu favoritismo por Diego Costa em detrimento de Kévin Gameiro (e de como revelou isso ao francês contratado neste mercado) ou ainda sobre os seus planos para Koke – que desejaria ver no meio do terreno, mas para o qual a concorrência nessas posições tem sido sempre fatal.

O Atlético Madrid é, assim, uma equipa que entra em mais uma edição de La Liga com o objetivo claro de dar luta ao Barcelona e ao Real Madrid, em busca de conseguir, pelo caminho, sonhar com o título ou arriscar uma presença numa final europeia. Se tudo isso se deve, em grande parte, à forma como Diego Simeone lidera o projeto colchonero, a verdade é que a ação no mercado tem sido fundamental para dotar o seu plantel de jogadores que possam fazer a diferença de forma continuada. Na referida entrevista Simeone fala de Gaitán e de como esperava conseguir ter este jogador já desde o ano passado, tendo para ele planos no apoio ao ataque, apontando, sempre, o corredor central como a zona do campo onde é preciso decidir, e decidir bem, com vista à vitória. Na pré-temporada, o principal jogo do Atlético Madrid foi uma vitória contr ao Tottenham. No entanto, disputado ainda no final de julho, esse encontro parece apenas uma história longínqua à entrada para a Liga Santander. Na receção ao Alavés, Simeone não contará com Griezmann, suspenso, nem com os lesionados Cerci e Moyá. Para o lugar do habitual guarda-redes suplente já chegou, até, André Moreira, jovem português que se preparava para fazer a temporada no Belenenses e regressou à casa-mãe à espera de uma oportunidade.

Onze Provável: Oblak – Juanfran, Savic, Godín, Filipe Luís – Saul Niguez, Tiago, Gabi, Koke – Kevin Gameiro, Fernando Torres.

la liga santanderO Alavés regressa à Liga Espanhola, depois de longa ausência, com a sua última passagem pela divisão mais alta do futebol espanhol a datar da temporada 2005/06. Neste momento, é difícil não vê-lo como um dos parentes pobres desta competição, ainda que nos anos mais recentes não tem sido virgem o facto de equipas com menor capacidade de investimento façam boas carreiras em La Liga, graças a acerto nas contratações e qualidade dos grupos com que sobem da segunda divisão, para além de também poder contar com técnicos de qualidade. Em Alavés, confia-se em Maurício Pellegrino, antigo jogador do clube que, enquanto atleta passou pelo Velez Sarsfield, Barcelona, Valencia e Liverpool. Como treinador, depois de passagens pelas equipas técnicas de Liverpool e Inter, passou grande parte da carreira na Argentina no Estudiantes e no Independiente, sendo chamado este verão para assumir o regresso do clube a La Liga. Num plantel que sofreu imensas mudanças, o principal objetivo da primeira fase da temporada será o de, no menor período de tempo possível, conseguir encontrar uma dinâmica coletiva que lhe permita fazer frente aos clubes da sua dimensão. Numa estreia frente ao Atlético, Pellegrino poderá ter o prazer um companheiro argentino que, com certeza, conhecerá ao pormenor. Theo Hernandez, que está emprestado pelo Atlético, e Deyverson, a cumprir castigo, são as duas ausências assumidas para esta estreia.

Onze Provável: F. Pacheco – Kiko Femenía, Alexis, Feddal, Raúl Garcia – Manu Garcia, David Torres – Edgar Méndez, Krsticic, Ibai Gómez – Christian Santos.

Já foi há mais de dez anos que Atlético de Madrid e Alavés se encontraram em jogos oficiais. Mas na temporada de 2005/06 os bascos conseguiram um empate em Madrid.

Repetir o feito parece muito complicado para duas equipas que têm um mundo de distância entre si, em todos os aspetos. A vitória do Atlético Madrid é mesmo o resultado mais provável.

Prognóstico Odd Casa Erro
Mais dos 2.5 golos 1.75 Betrally
atle de madrid
Atlético de Madrid
  • País: Espanha
  • Estádio: Vicente Calderón
  • Cidade: Madrid
  • Fundação: 1903

Ver ficha completa

alaves
Alavés
  • País: Espanha
  • Estádio: Mendizorroza
  • Cidade: Vitoria
  • Fundação: 1921

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2838
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1332
  • Próg. errados 1465
comments powered by Disqus

Últimos jogos