Menu
LaLiga 33ª Jornada

Atlético de Madrid – Granada (Liga BBVA)

Ainda na ressaca das emoções do apuramento para a meia-final da Liga dos Campeões, o Vicente Calderón recebe o Granada. A equipa de El Cholo está ao rubro mas a luta com o Barcelona foi intensa e deixou marcas físicas no plantel. Ainda assim, o título está na mira e os Colchoneros não podem fraquejar. O Granada está dois pontos acima da linha de água mas se perder pode ser alcançado pelos perseguidores. Mais um empate saberia a vitória para os homens de González.

O Atlético de Madrid é sempre garantia de luta até ao fim. Há quem acuse a equipa treinada por Diego Simeone de ser pouco espetacular – quando comparada com o Barça ou mesmo com o Real – mas para mim é sempre um espetáculo ver este conjunto jogar. O técnico argentino fala dos valores – de trabalho, de espírito de sacrifício – mas para mim o mais excitante é a filosofia de autossuperação e o todo ser maior que a soma das partes. E El Cholo como timoneiro, que junta o líder carismático com o mestre da disciplina técnico-tática. Esta pequena introdução para render homenagem a uma qualificação memorável, afastando um dos principais favoritos à vitória da Liga Milionária. Já em Camp Nou, na primeira mão, o Atléti tinha feito uma grande partida. O golo de Fernando Torres, a meio da primeira parte dava o mote de que os Colchoneros não estavam ali só para segurar o resultado. Infelizmente, ou talvez não, El Niño foi expulso pouco depois e a equipa viu-se na obrigação de medir peito com o Barça com um homem a menos na última hora do encontro. Luis Suárez acabaria por dar a volta ao marcador, com uma dobradinha.

A expulsão de Torres, algo forçada ou desnecessária, acabou por prejudicar a equipa naquele momento mas talvez tenha acabado por funcionar a favor, no lavar dos cestos. A sensação – real ou ilusória – de estarem a ser empurrados para fora das meias-finais fez com que o grupo se unisse ainda mais em volta desse objetivo. Reforçou o sentido de missão e foi essa luta tremenda a que assistimos no Calderón na quarta-feira. Segundo as estatísticas da UEFA os homens de Simeone correram no total mais doze quilómetros que o adversário, com destaque para os homens do meio-campo. Antoine Griezmann teve, finalmente, a noite europeia que há muito se esperava dum jogador com o seu talento. Simeone não poupou elogios ao menino de vinte anos que jogou as duas mãos e foi mais seguro e compenetrado que qualquer veterano. Lucas Hernández foi um gigante e convém não esquecer o tipo de adversários que tinha pela frente.

Filipe Luis saiu lesionado e é baixa para a receção ao Granada. Giménez ainda está em dúvida. O português Tiago teve por fim alta médica e começou a trabalhar com o grupo mas como é natural vai levar o seu tempo a atingir os níveis físicos para ser opção.

Onze Provável: Oblak – Juanfran, Hernández, Godín, Gámez – Koke, ´Niguez, Gabi, Ferreira-Carrasco – Torres, Vietto.

Liga BBVAO Granada somou na passada jornada o quarto empate consecutivo na receção ao Málaga (0-0). Treinador adversário elogiou a prestação dos Nazarenos, considerando que são agora um conjunto muito mais estruturado e organizado, comparativamente ao que tinha defrontado antes. É caso para dizer que, não sendo os resultados ideais, grão a grão o Granada vai perseguindo o seu objetivo. Quando José González assumiu o banco a equipa era última classificada e as vitórias sobre o Deportivo (0-1) e Sporting Gijón (2-0), assim como os deslizes de concorrentes diretos, iniciaram o movimento ascendente. Contudo, ainda não está a salvo. Neste momento os Nazarenos são décimos sétimos, com trinta pontos, os primeiros acima da linha de água. Mas a margem é muito curta – apenas dois pontos para Getafe e Sporting – e basta uma derrota para serem alcançados. Nesta jornada os Azulones recebem os Merengues portanto daí não deve vir grande perigo. Mas o Gijón vai a Las Palmas.

Success não é opção devido a castigo e El-Arabi ainda está em dúvida.

Onze Provável: Fernández – Foulquier, Ricardo Costa, Babin, Biraghi – Rochina, Doucouré, Rubén Pérez, Cuenca – Peñaranda, Barral.

Granada 0-2 Atlético Madrid
Liga BBVA 15/16
Granada 0-0 Atlético Madrid
Liga BBVA 14/15
Atlético Madrid 2-0 Granada
Liga BBVA 14/15

Os Colchoneros venceram sete dos oito últimos confrontos, tendo empatado na temporada passada em Los Cármenes.

Prognóstico Odd Casa Erro
Menos de 2.5 golos 1.90 Betrally
atle de madrid
Atlético de Madrid
  • País: Espanha
  • Estádio: Vicente Calderón
  • Cidade: Madrid
  • Fundação: 1903

Ver ficha completa

granada
Granada
  • País: Espanha
  • Estádio: Nuevo Los Cármenes
  • Cidade: Granada
  • Fundação: 1931

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1788
  • Média Odds usadas 2.22
  • Próg. certos 749
  • Próg. errados 1010
comments powered by Disqus

Últimos jogos