Menu
Premier League 11ª Jornada

Arsenal – Tottenham (Premier League)

O Emirates recebe o primeiro dérbi do norte de Londres da temporada no domingo. Será o Arsenal a conseguir acabar com a invencibilidade dos Spurs? Ou será o Tottenham a destronar os Gunners do trio que lidera a Premier League? Há três pontos e três posições a separar as duas equipas. A equipa de Wenger está ao rubro e só não venceu um dos últimos onze jogos em todas as competições. A de Pochettino está a sentir muito a falta de Harry Kane mas ainda ninguém a conseguiu bater no campeonato.

No que respeita à Liga Inglesa o Arsenal não perde desde a jornada de abertura, na receção ao Liverpool. Desde então somou sete vitórias e dois empates, o que lhe dá os vinte e três pontos que o colocam no segundo lugar da classificação. Citizens, Gunners e Reds estão em igualdade pontual no topo da tabela sendo o critério de desempate o diferencial de golos marcados e sofridos. O conjunto de Arsène Wenger só não venceu um dos últimos onze jogos – um empate com o Middlesbrough (0-0) – em todas as competições e tudo está a funcionar quase a roçar a perfeição. A defesa é uma unidade muito sólida e do meio campo para a frente há muita qualidade neste plantel. Claro que quem acompanha o futebol inglês há anos não consegue ter sempre uma reserva mental quando o assunto é uma temporada aparentemente explosiva dos Gunners. Já os vimos desmoronar tantas vezes que é difícil não ficar de pé atrás. Mas pode ser que esta época o Arsenal nos surpreenda. A equipa tem agora profundidade para resistir às lesões, e já foram várias, e o entrosamento para poder fazer algo de extraordinário. Veremos.

Na terça-feira os Gunners apanharam um susto. Na deslocação ao terreno do Ludogorets Razgrad o clube inglês apanhou-se a perder por duas bolas a zero à passagem do primeiro quarto de hora da partida. Granit Xhaka reduziu aos vinte e Olivier Giroud nivelou o encontro ainda antes do apito para intervalo. A dois minutos do fim uma verdadeira obra de arte, só ao alcance de um punhado de artistas da bola, de Mesut Ozil, a ultrapassar três adversários e a marcar um golo espantoso.

Giroud continua a confirmar o bom regresso à competição. Mas Mertesacker, Welbeck, Chuba Akpom e Lucas Pérez ainda são baixas por lesão. Monreal, Bellerín, Cazorla, Walcott e Gibbs estão em dúvida.

Onze Provável: Cech – Bellerín, Mustafi, Koscielny, Monreal – Elneny, Coquelin – Ramsey, Ozil, Iwobi – Alexis Sánchez.

Premier LeagueO Tottenham está na quinta posição, com vinte pontos, a três dos líderes e a um do Chelsea, que é quarto. À entrada para a décima primeira jornada os Spurs são a única equipa sem derrotas (5V/ 5E) da Premier League. Ainda nenhum adversário foi capaz de os bater e para aqueles que argumentam que a equipa de Pochettino ainda não tinha enfrentado um ataque como o do Arsenal relembro só o triunfo sobre o City (2-0) de Guardiola, à sétima jornada. Deve ajudar o facto de terem a defesa menos batida do campeonato (cinco golos sofridos). Será que é no dérbi do norte de Londres que perdem a invencibilidade? Há seis jogos que os Spurs não ganham. Somam três empates nos últimos compromissos da Liga Inglesa – West Brom (1-1), AFC Bournemouth (0-0) e Leicester City (1-1) – e foram eliminados da Taça da Liga pelo Liverpool (2-1). Na Liga dos Campões as coisas não estão a correr tão bem. O Tottenham está no terceiro lugar do Grupo E, com quatro pontos, e já perdeu em casa com o Mónaco e Bayer Leverkusen.

A dificuldade maior desta equipa é marcar golos. Não está a ser nada fácil. Vincent Janssen não está a conseguir ter o efeito facilitador na concretização que se antecipou no início. Para ser justa ele precisa do apoio de um segundo homem para render, um pouco como Harry Kane estava a fazer antes de se lesionar. O entrosamento entre os dois é muito interessante mas o problema é que a vinda de um segundo ponta de lança devia possibilitar o descanso do inglês, uma rotação em determinadas partidas, e esse segundo esquema não está a funcionar. Kane já voltou aos treinos e há até que diga que pode alinhar já no domingo. Talvez seja ainda cedo e os Spurs aproveitem para lhe apurar a condição física durante a pausa das seleções.

Moussa Sissoko cumpre castigo. Lamela, Alderweireld, Kane e Dembélé estão em dúvida.

Onze Provável: Lloris – Walker, Dier, Vertonghen, Rose – Wanyama – Lamela, Alli, Eriksen, Son – Janssen.

Tottenham 2-2 Arsenal
Premier League 2015/16
Arsenal 1-1 Tottenham
Premier League 2015/16

Três dos últimos cinco dérbis do norte de Londres terminaram em empate, nomeadamente as duas últimas deslocações dos Spurs ao Emirates.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Ambas Equipas Marcam 1.71 Betrally
arsenal
Arsenal
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Emirates
  • Cidade: Londres
  • Fundação: 1886

Ver ficha completa

tottenham
Tottenham
  • País: Inglaterra
  • Estádio: White Hart Lane
  • Cidade: Londres
  • Fundação: 1882

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1902
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 801
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos