Menu

Arouca – Nacional da Madeira (Liga NOS)

Três dias depois do play-off da Liga Europa o Arouca volta a jogar em casa, recebendo o Nacional da Madeira. A equipa de Lito Vidigal perdeu no Bessa na jornada de abertura da Liga NOS e terá que voltar a fazer uma ou outra mudança com vista à segunda mão com o Olympiakos. O clube orientado por Manuel Machado teve que adiar o jogo de estreia devido aos fogos que assolaram a Madeira e o treinador manifesta certa apreensão por alguma falta de ritmo.

O Arouca é, neste momento, a equipa do campeonato português com maior ritmo competitivo, nisso Manuel Machado tem razão. A temporada para os homens de Lito Vidigal arrancou anormalmente cedo com a perspetiva de ter que disputar a terceira pré-eliminatória da Liga Europa na última semana de julho. O Heracles Almelo já ficou para trás (1-1, 0-0) e entretanto também já enfrentou a primeira jornada do campeonato português e a primeira mão do play-off da competição europeia. Este será o quinto desafio oficial da temporada (2E/ 2D) e na última semana os jogos têm-se sucedido com intervalos de três dias. Portanto, se tem o lado positivo de dar rodagem também tem o senão de causar maior desgaste.

No domingo passado os arouquenses foram ao Bessa perder com o Boavista por duas bolas a zero, com ambos os golos a serem marcados ainda na primeira parte por Idris e Lucas. Não é o arranque ideal mas ninguém discute que neste momento as atenções estão concentradas na prova europeia. Na quinta-feira Arouca vestiu-se de gala para partilhar o grande momento: o clube da terra estar a dois jogos de poder entrar na fase de grupos da Liga Europa. Talvez pelo nervosismo próprio da ocasião, o clube português não entrou bem na partida e acabou por dar a primeira parte ao Olympiakos. Aos vinte e sete minutos Sebá finalizou na perfeição um cruzamento de Pardo, que fez o que quis no corredor enquanto teve Carleto em oposição. No segundo tempo o Arouca subiu de rendimento e podia ter terminando o encontro em melhor posição, se Walter González e Marlon de Jesús estivessem mais lúcidos na finalização.

Onze Provável: Bracali – Gégé, Jubal, Hugo Basto, Carleto – Nuno Coelho, André Santos – Mateus, Crivellaro, Zequinha – Walter González.

O Nacional da MadeLiga NOSira está há três semanas sem possibilidade de competição e isso causa apreensão ao treinador. De facto, com o adiamento do encontro da primeira jornada, devido aos incêndios que assolaram a Madeira e o Funchal em particular a equipa ficou praticamente situada a gerir a preparação. Nesta altura da temporada vai-se acumulando alguma ansiedade no grupo e os jogadores precisam que os jogos comecem para pôr fim a isso. Mas nem tudo foi mau neste tempo de intervalo. Para começar, os jogadores do Nacional estão bastante mais frescos. E depois, deu para ir recuperando certas lesões que afetaram o plantel. Algumas, como as de Rui Correia, Diogo Coelho e Witi ainda estão em fase evolutiva e estes três não são opção para o Municipal de Arouca. E por fi, houve tempo para incorporar Tobias Figueiredo e Salvador Agra, que regressaram dos Jogos Olímpicos, e que em vista dos problemas físicos mencionados podem mesmo ter que ser utilizados desde já.

Onze Provável: Rui Silva – García, Henrique, Tobias Figueiredo, Sequeira – Washington, Tiago Rodrigues, Jota – Roniel, Bonilla, Ricardo Gomes.

Arouca 3-0 Nacional
Liga NOS 15/16
Nacional 2-2 Arouca
Liga NOS 15/16

O Arouca venceu o último confronto com o Nacional, no continente. Os dois embates anteriores terminaram empatados.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Arouca Marca Primeiro 1.74 Betrally
arouca
Arouca
  • País: Portugal
  • Estádio: Municipal de Arouca
  • Cidade: Arouca
  • Fundação: 1951

Ver ficha completa

nacionaldamadeira
Nacional da Madeira
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio da Choupana
  • Cidade: Funchal
  • Fundação: 1910

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1781
  • Média Odds usadas 2.22
  • Próg. certos 746
  • Próg. errados 1008
comments powered by Disqus

Últimos jogos