Menu

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Argentina – Chile (Copa América)

A selecção da Argentina e a selecção do Chile medem forças na madrugada desta terça-feira no Levi’s Stadium, Califórnia, num embate a contar para a 1ª jornada do Grupo D da Copa América. Depois de vencer as Honduras num encontro de cariz amigável, a Argentina chega aqui motivada graças ao estar invicta durante 6 jogos consecutivas. Já o Chile apresenta-se aqui depois de sofrer dois desaires decepcionantes, contra a Jamaica e México, tendo que demonstrar o seu valor frente aos argentinos. Este é um embate entre o 1º e o 2º classificado do ano passado da Copa América, e são dois dos grandes favoritos a voltarem a chegar à final.

Argentina é então presença mais que habitual na Copa América, sendo detentora de 14 títulos nesta prova. La Albiceleste venceu a competição pela última vez em 1993, e desde o início do Milénio que existiram 4 edições, nas quais conseguiu alcançar 3 finais, perdendo 2 delas contra o Brasil, em 2004 e 2007, e a restante contra o Chile no ano passado. Orientados por Geraldo Martino, este conjunto também tem conseguido bons resultados nas eliminatórias do Campeonato do Mundo 2018, onde ocupa o 3º lugar com 11 pontos, fruto de 3 vitórias, 2 empates e 1 derrota, com parciais de 6 golos marcados e 4 golos sofridos, ficando 2 pontos atrás dos líderes Uruguai e Equador. La Albiceleste disputou 3 encontros desde o início do ano, vencendo todos eles, e chega aqui com sede de vingança pelo Chile, por terem sido derrotados através da marca de grandes penalidades no final da Copa América do ano passado. Os argentinos são dos grandes candidatos a chegarem novamente à final, possuindo um conjunto de grandes jogadores que alinham em alguns dos maiores clubes da Europa, destacando-se principalmente os médios e os avançados, nomeadamente Ángel Di María, Mascherano, Érik Lamela, Banega, Gaitán, Pastore, Aguero, Higuaín e Messi, embora este esteja de fora por lesão.

Nos seus últimos 5 jogos, sendo os 4 primeiros de qualificação ao Mundial 2018, a Argentina apresenta um histórico de 4 vitórias e 1 empate. Esta sequência de resultados iniciou-se com um empate por 1-1 na recepção ao Brasil. Seguiu-se uma vitória por 0-1 em terreno da Colômbia, uma vitória por 1-2 em terreno do Chile, uma vitória por 2-0 na recepção à Bolívia, e na última jornada, uma vitória por 1-0 na recepção às Honduras. Messi, lesionado, é a grande ausência para este jogo.

Onze Provável: Romero – Roncaglia, Otamendi, Funes Mori e Rojo – Mascherano, Pizarro e Gaitán – Lamela, Aguero e Di María.

Copa-america-2016 Chile, por sua vez, apresenta-se aqui na ressaca de duas derrotas consecutivas em dois encontros de cariz amigável, frente à Jamaica e ao México. Os chilenos, tal como os argentinos, são presença constante neste prova, contudo, venceram a Copa América pela primeira vez na sua história no ano passado, ao eliminarem a Argentina na final através da marcação de grandes penalidades. Agrupados no Grupo D, onde ainda fazem parte o Panamá e a Bolívia, La Roja é uma das favoritas a avançar até a próxima etapa da prova, tendo a qualidade suficiente para o fazerem. Já na qualificação ao Mundial 2018, os pupilos de Juan Antonio Pizzi ocupam o 4º lugar com os mesmos 10 pontos que a 5ª classificada Colômbia, fruto de 3 vitórias, 1 empate e 2 derrotas, com parciais de 12 golos marcados e 10 golos sofridos, encontrando-se apenas 1 ponto atrás da Argentina e 3 dos líderes Uruguai e Equador. Com jogadores de grande qualidade nomeadamente Claudio Bravo, Gary Medel, Arturo Vidal, Aránguiz e Alexis Sánchez, os chilenos têm muita qualidade e este deverá ser um encontro equilibrado, contudo, estes devem tomar mais atenção ao sector defensivo, visto que enfrentam um ataque argentino avassalador.

Nos seus últimos 5 jogos, sendo os 3 primeiros de qualificação ao Mundial 2018, o Chile apresenta um histórico de 1 vitória e 4 derrotas. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma derrota 3-0 em terreno do Uruguai. Seguiu-se uma derrota por 1-2 na recepção à Argentina, uma vitória por 1-4 em terreno da Venezuela, uma derrota por 1-2 na recepção à Jamaica, e na última jornada, uma derrota por 1-0 em terreno do México.

Onze Provável: Bravo – Isla, Medel, Roco e Mena – Silva, Vidal e Aránguiz – Orellana, Vargas e Sánchez.

Nos seus últimos 8 confrontos directos, a Argentina venceu 4 embates, tendo o Chile vencido apenas 1. Os restantes 3 jogos terminaram empatados.

Chile
1-2
Argentina
Eliminatórias 2018 CONMEBOL
Chile
0-0(4-1 g.p.)
Argentina
Copa América 2015
Chile
1-2
Argentina
WC2014 CONMEBOL
Argentina
4-1
Chile
WC2014 CONMEBOL
Chile
1-0
Argentina
WC2010 CONMEBOL
Argentina
2-0
Chile
WC2010 CONMEBOL
Argentina
0-0
Chile
Amigáveis 2007
Chile
0-0
Argentina
WC2006 CONMEBOL

Este deverá ser o melhor jogo da Copa América até ao momento. A Argentina chega aqui sem Messi, uma grande baixa para a turma argentina, no entanto, continuam a poder contar com jogadores de grande qualidade que de certo darão o seu melhor para a presença do capitão ser o menos notada possível. Já o Chile, apesar de contar com grandes jogadores, tem estado um pouco aquém das expectativas nos últimos encontros. Ambas selecções contam com dois sectores defensivos permeáveis, sendo esse o seu ponto fraco, enquanto que ofensivamente são muito dotadas graças à qualidade dos seus avançados, sendo de esperar um jogo com alguns golos, onde ambas equipas deverão chegar ao golo.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Ambas Equipas Marcam 1.95 Betclic
argentina
Argentina
  • País: Argentina
  • Estádio:
  • Cidade: Buenos Aires
  • Fundação: 1893

Ver ficha completa

chile
Chile
  • País: Chile
  • Estádio:
  • Cidade: Santiago
  • Fundação: 1895

Ver ficha completa

Fabio Mota
Fabio Mota
  • Próg. realizados 2123
  • Média Odds usadas 1.81
  • Próg. certos 1096
  • Próg. errados 921
comments powered by Disqus

Últimos jogos