Quando realiza apostas desportivas é importante saber que tipo de valores representam as odds. No fundo, uma odd é apenas uma proporcionalidade inversa da probabilidade do acontecimento se realizar, ou seja: quanto menor a odd maior a probabilidade de sucesso e quanto maior a odd, menor a probabilidade desse acontecimento se realizar. Por exemplo:

Apostas nos favoritos

Para a 2ª mão das meias finais da Liga dos Campeões da temporada 2014/15, em que o Real Madrid jogava em casa, e por isso usufruía completamente do estatuto de favorito, a sua odd valia 1.66, ou seja, por cada 1€ apostado, 0.66€ é o que o apostador tira de lucro, enquanto que para a Juventus vencer, sendo este o acontecimento menos provável, e portanto maior o risco, o apostador poderia tirar 4.50€ de lucro de uma aposta de 1€.

Visto isto, e sendo já sabido que a Juve havia vencido a 1ª mão, mesmo que em casa, por 2-1, alguns apostadores mais inexperientes poderiam cair na tentação de apostar na Vecchia Signora que tem uma odd mais apelativa e, a curto prazo, garantiria-lhes um maior rendimento. Contudo, o mercado de apostas é algo que se deve encarar de uma forma mais longínqua no tempo e não tão a curto prazo, sendo por isso importante que aprenda a investir o seu dinheiro de forma inteligente e não aliciado pelo valor que o multiplicará.

De vagar se vai ao longe

É então importante que entenda, e perceba, o potencial existente nas odds das equipas favoritas, por norma, as mais baixas. Ou seja, apesar do valor que pode vir a receber, a aposta numa odd mais baixa é sempre mais segura e é de extrema importância que faça as suas apostas com mais de 85% de confiança, caso contrário, não aposte. Para que isto funcione é também importante que tenha já entendido a importância do termo “longo-prazo” nas apostas desportivas para perceber que a frequência com que multiplica o seu dinheiro é mais importante do que a quantidade que multiplica em cada aposta.

Esclareçamos então alguns pontos importantes acerca dos favoritos nas apostas:

  • Quanto menor uma odd, maior a probabilidade de realização do acontecimento e, como tal, maior a sua probabilidade de sucesso.
  • A confiança no seu palpite e na sua aposta é de extrema importância. Dificilmente a encontrará ao apostar num outsider ou num underdog.
  • Deve sempre apostar nos acontecimentos com maior probabilidade de realização, todos os restantes propostos pela casa de apostas servem apenas para dar lucro à mesma.
Apostar nas equipas favoritas

Apostar nas equipas favoritas por vezes também é positivo

Apesar de tudo isto é também essencial que o apostador esteja ciente que nem todos os favoritos são à partida vencedores absolutos e que os resultados improváveis também acontecem. Ainda assim, são mais as vezes em que as grandes equipas, e como tal favoritas, vencem as mais modestas do que o inverso. Por isto, num longo período de tempo, independentemente de algumas surpresas desagradáveis para si, o balanço acabará por ser positivo.

Mesmo aplicando este simples conceito de apostar nos favoritos, não pode nunca ignorar os factores essenciais à partida, como os dados estatísticos, os lesionados, a mais recente forma dos dois conjuntos e principalmente o histórico de confrontos directos. Tudo isto é determinante e nem sempre os favoritos ou mais fortes dos campeonatos vencem em todos os terrenos. Há em qualquer campeonato aquelas equipas que têm por tendência fazer o papel de carrascos dos clubes grandes. Em casos destes abre-se uma excelente oportunidade para se aproveitar das odds mais altas e utiliza-las a seu favor e contra a casa de apostas, nunca se esquecendo que, ao fazê-lo, está também a aumentar os riscos que corre e a possibilidade de perder dinheiro. Aproveite também para ler os nossos prognósticos de futebol antes de fazer as suas apostas.

O apostador está sempre em vantagem

Ao contrário dos jogos de casino, em que a casa de apostas está sempre em vantagem, nas apostas desportivas o apostador tem tudo a seu favor. Ou seja, tendo em conta a infinidade de jogos e acontecimentos em que qualquer pessoa pode apostar durante todos os dias ao longo de qualquer ano, deixa-os completamente livres para investirem o seu dinheiro apenas com 100% de certezas, ao contrário dos jogadores de casino que têm que esperar que a sua sorte lhes leve retornos.

Para além disto um apostador tem também, a qualquer altura do dia e do ano, um vasto leque de mercados em que pode apostar o seu dinheiro, não estando por isso obrigado a manter-se constantemente ligado ao computador para ver o que acontece. É desta forma que, com um exigente e disciplinado critério acerca das suas apostas, baseado nos dados de estudo como estatísticas e factores com influência directa nos jogos, o apostador pode tirar vantagem da sua posição em relação à casa e investir o seu dinheiro apenas quando a certeza de retorno for quase ou mesmo certa.

A razão dos favoritos

Nenhum favorito é favorito só porque a casa de apostas lhe atribui uma odd mais baixa. Qualquer equipa favorita a vencer um encontro usufrui desse estatuto por ser realmente mais forte e capaz que o conjunto adversário ou, podendo até mesmo ter valores qualitativos semelhantes, simplesmente porque joga em casa e desta forma tem do seu lado total apoio dos adeptos e ainda um conhecimento e habituação ao relvado (no caso específico do futebol) bem mais aprofundado, factores que deixam qualquer equipa em posições vantajosas. É então essencial que entenda este conceito de favorito e olhe para estes como a sua mina. Apesar de fazerem o seu dinheiro multiplicar de forma mais lenta, a alta probabilidade com que o podem fazer, a longo prazo, tornar-se-à muito mais sustentável e rentável do que as apostas em odds mais altas onde o risco é também maior. Ainda assim, sugerimos sempre nunca apostar em odds inferiores a 1.50. O risco associado é demasiado grande para um retorno tão baixo.

Boas Apostas!