Para quem vive o Futebol com enorme paixão e alguma insanidade por vezes, o conceito de aposta psicológica pode ser uma boa estratégia. Basicamente para quem é realmente fervoroso relativamente ao seu clube e aos jogos que este disputa, não só ao nível interno como também ao nível internacional, utilizar um método de aposta psicológica por ser algo que em determinados momentos ajude a minimizar a dor das derrotas inesperadas. Quando o clube do nosso coração perde, ainda para mais quando está a fazer uma campanha fantástica numa competição nacional ou europeia, a dor é grande. No entanto, usando uma aposta psicológica, é possível minimizar a dor relacionada com a derrota, e transformá-la na verdade em capital de apostas desportivas.

A aposta psicológica

Este conceito da aposta psicológica, vai completamente contra aqueles artigos em que aconselhamos a não apostar na equipa do coração.

Evidentemente que apostar a favor da equipa do coração, é bastante apetecível. O ser humano tem a tendência de valorizar inconscientemente as coisas que lhe são queridas, quer seja o carro, a namorada, a equipa de futebol etc. Ou seja, as apostas que um apostador coloca a favor da sua equipa do coração normalmente são pouco pensadas e analisadas e essa aposta normalmente é realizada por impulso, e como deve depreender as apostas por impulso têm a tendência de correr de forma negativa.

Posteriormente ainda existe outro senão, se por um lado caso a equipa do coração vença, a alegria é duplicada, pois alia-se a alegria da vitória com ganhos financeiros. Mas imagine o apostador, que por acaso a aposta é perdida, ou seja a sua frustração é a duplicar, pois além da “dor” provocada pela derrota do seu clube ainda perdeu o seu precioso dinheiro. E acredite, estas frustrações normalmente são bastante prejudiciais para o seu futuro enquanto apostador.

Para combater essas mesmas frustrações surgiu a aposta psicológica. Este conceito, por certo não o vai encontrar em livros sobre tutorias de apostas nem em blogs de experts, pois é um tipo de aposta que não é analisada nem estudada. É uma aposta que vai permitir ao apostador sentir-se melhor com os desaires da sua equipa (se é que isso é possível).

A aposta simples, consiste em apostar contra a sua equipa o valor que pagaria para a ver ganhar.

Este tipo de apostas, apenas funcionam para aqueles apostadores que são adeptos fervorosos da sua equipa, caso seja apenas um apreciador de futebol, que apesar de simpatizar com uma equipa, não se importa que ela perca ou empate, então esta estratégia não é para si.

Sporting - Athletic Bilbao (Liga Europa)

Exemplo de aposta psicológica

Vamos imaginar que a sua equipa está na final da taça de Portugal, contra o seu maior rival. A odd para levantar a taça da sua equipa está a 1.90. Seguindo a estratégia da aposta psicológica, o apostador iria fazer um lay (ou back ou adversário dependendo da situação) à sua equipa, para ela ganhar a taça.

O valor seria a definir pelo apostador, claro que cada jogo tem um grau de importância distinto, a primeira jornada do campeonato não tem a mesma importância que uma final de uma competição europeia ou do jogo do título.

Se o apostador, neste caso, considerasse que não se importava de pagar 200€ para a sua equipa vencer a taça, então deveria fazer um lay nesse valor à vitória da sua equipa. Caso a sua equipa ganhasse, ficaria por certo bastante satisfeito e nem se lembraria do dinheiro perdido na aposta (180€), por outro lado caso a sua equipa perdesse, teria 200€ a mais na sua conta, que poderia muito bem utilizar para se esquecer da derrota.

Basicamente este é o cenário possível:

  • Vitória da sua equipa: – 180€ / Alegria
  • Derrota da sua equipa: +200€ / Tristeza

Consideramos a aposta psicológica uma excelente maneira de amenizar as desilusões oferecidas pelo seu clube. Evidentemente, quanto mais favorita for a sua equipa do coração melhor para a aposta psicológica, devido ao facto da responsabilidade em caso de vitória ser menor.

Aconselhamos aos nossos leitores, que caso queiram experimentar a aposta psicológica, a abrirem outra conta na casa de apostas. Isto deve-se ao facto, de que um bom apostador deve ter todos os seus ganhos e perdas bem documentados e todas as suas apostas justificadas, e o caso da aposta psicológica é um pouco contra-natura e choca um pouco contra o manual do bom apostador, pelo que aconselhamos a ter uma conta à parte para não misturar as suas apostas diárias com a aposta psicológica.

Boas Apostas!