Menu

Angola – Marrocos (CAN 2013)

O primeiro dia de competição na Taça das Nações Africanas coloca em campo as duas seleções lusófonas. Se a missão de Cabo Verde, que enfrenta o país organizador, parece espinhosa, mais fácil não será a vida dos angolanos, frente a um conjunto marroquino cheio de craques. Ambas as equipas ficaram aquém das expetativas na edição de 2012, sendo que percorreram caminhos semelhantes neste ano que separou as duas competições. Ambas as equipas mudaram de treinador e fizeram ajustes às convocatórias, estando assim em melhor posição para enfrentar a competição. No entanto, se Marrocos parte com responsabilidade de fazer valer um estatuto de favorito, para os angolanos a pressão poderá ser menor.

Existem algumas dúvidas quanto ao onze a utilizar pelo uruguaio Gustavo Ferrin, dado o técnico ter experimentado diversas opções na preparação para o torneio. É possível que possa apresentar um esquema com três centrais, dada a qualidade do adversário. Na baliza, Lama parece ser a opção mais forte, com Marco Airosa, Dedé, Dany e Lunguinha a poderem configurar uma defesa de quatro homens, e Fabrício como opção para terceiro central. Zuela também será titular deste conjunto, restando perceber se o fará como médio-defensivo ou se voltará a ser adaptado a uma posição mais recuada, como já aconteceu no passado.

Mingo Bille, Manucho Dias e Pirolito disputarão as posições restantes no meio-campo dos Palancas, com o ataque a surgir ocupado com os nomes mais fortes deste conjunto. Djalma, Mateus Galiano e Manucho são figuras incontornáveis do futebol angolano, com o ponta de lança do Valladolid a ser bem conhecido por ter na Taça das Nações Africanas as melhores exibições da sua carreira. Assim sendo, será de esperar uma especial atenção dos marroquinos para as movimentações deste jogador. A ausência mais notada é a de Mabiná, que foi preterido da lista final do treinador Ferrin, para além do histórico Flávio, que abandonou a seleção.

No conjunto marroquino, as três principais referências da equipa em 2012, Kharja, Taarabt e Chamack vão assistir à CAN pela televisão, dado terem sido excluídos pelo técnico Taoussi. Em lugar de serem más notícias, a equipa marroquina parece agora mais consistente e equilibrada, menos dependente dos humores de estrelas que nem sempre estiveram com a cabeça a 100% na seleção.

CAN 2013Lamyaghri continua a ser um guarda-redes deste conjunto que, na linha defensiva, deverá apresentar Benatia, da Udinese, e El Adoua, do Vitória de Guimarães, como defesas centrais. El Kaoutari, do Montpellier, fecha na esquerda, com Hermach a surgir, muito provavelmente, do lado direito. Na zona intermediária, Chakir completa um trio onde estará El Ahmadi e Belhanda, outro jogador do Montpellier, que terá nesta CAN o papel de ser a figura principal do conjunto marroquino. Uma responsabilidade que o jovem médio já foi capaz de assumir na caminhada do Montpellier até ao título francês, na temporada passada.

Na frente de ataque, El-Arabi, do Granada, deverá ser a peça central, coadjuvado por Amrabat, do Galatasaray, e Assaidi, do Liverpool. A rodagem internacional deste trio oferece todas as garantias de sucesso ao técnico marroquino e leva-nos a pensar que, apesar de ter um conjunto mais jovem, Marrocos se poderá apresentar como uma equipa capaz de vencer o grupo A e ir até a uma das fases mais avançadas da competição.

Nos últimos três jogos de preparação, Angola venceu sempre, frente a adversários como os Camarões (1-0), Ruanda (1-0) e Zâmbia (2-0). Esse fato dá grande confiança aos Palancas à beira do início da competição. Marrocos também defrontou a Zâmbia, tendo empatado a zero, para lá de ter vencido o Níger (3-0) e perdido frente ao Togo (0-1). No histórico de confrontos entre as duas seleções, todos os registos são de jogos particulares, sendo ainda assim de destacar que Angola nunca bateu o conjunto marroquino:

Angola 0-2 Marrocos  Amigáveis 2009
Marrocos 2-1 Angola  Amigáveis 2008
Marrocos 2-2 Angola  Amigáveis 2006
Marrocos 3-1 Angola  Amigáveis 2004
Marrocos 2-1 Angola  Jogos Amigáveis 1998

O mais provável é que, apesar do bom momento angolano, Marrocos se apresente mais forte, num jogo com poucos golos, muito disputado, mas entre aos Leões do Atlas, que têm jogadores capazes de decidir partidas, sobretudo Belhanda.

A Bet365 oferece-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Erro
Vitória de Marrocos 1.95 Bet365
angola
Angola
  • País: Angola
  • Estádio:
  • Cidade: Luanda
  • Fundação: 1979

Ver ficha completa

marrocos
Marrocos
  • País: Marrocos
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2832
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1330
  • Próg. errados 1465
comments powered by Disqus

Últimos jogos