Menu
  • 01 setembro
  • 00:00
  • Bet365

Andy Roddick – Bernard Tomic (Open dos Estados Unidos)

No dia em que comemorou 30 anos, Andy Roddick surpreendeu os seus fãs ao afirmar que iria retirar-se do Open dos Estados Unidos. O tenista norte-americano já há muito que vinha a sofrer com problemas físicos e nos últimos dois anos nem sequer tem conseguido mostrar o seu melhor ténis. No entanto, pode considerar-se uma grande baixa, tendo em conta que ainda era dos melhores tenistas norte-americanos da atualidade. Por ser a sua última prova, certamente irá dar o máximo de si para conseguir, quem sabe, atingir as rondas finais. Mas para isso precisa de ultrapassar uma das grandes promessas do ténis mundial, o australiano Bernard Tomic. Os dois tenistas jamais jogaram entre si.

Em 2003, Roddick conquistou seu único Slam em Nova Iorque, na final frente ao espanhol Juan Carlos Ferrero. O norte-americano coleciona 32 títulos na carreira e outras 20 finais. As quatro derrotas em finais de torneios de Grand Slam aconteceram todas frente a Roger Federer. Uma delas foi mesmo no Open dos Estados Unidos, em 2006. As outras aconteceram nos courts de relva do Wimbledon, mais precisamente nos anos de 2004 , 2005 e 2009. Desde então, Roddick não teve mais a consistência que o levou à liderança do ranking em 2003, mas continuou a ser uma das personalidades mais fortes do circuito, quer seja a discutir com árbitros, a divertir o público com exibições ou a dizer frases polémicas nas suas entrevistas.

us openO ano de 2012 vinha sendo negro para o tenista do Texas. Apesar de ter derrotado Roger Federer, ele jamais conseguiu um resultado de destaque. Ele apenas ergueu um troféu, em Atlanta e outro em Eastbourne, muito pouco para quem costumava andar pelos lugares cimeiros do ranking. Depois da final em 2006, os resultados de Roddick no Open dos Estados Unidos resumiram-se a três idas aos quartos-de-final, perdendo em cada uma delas frente a Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic.

Bernard Tomic teima em afirmar-se como um dos principais tenistas do ténis mundial. Atualmente no 43º lugar do ranking ATP, o tenista de apenas 19 anos tem como melhor resultado a ida aos oitavos-de-final do Open da Austrália. De resto, continua sem conseguir ir muito longe nas competições: foi à meia-final em Brisbane e aos quartos-de-final em Delray Beach e Munique. No que a participações no Open dos Estados Unidos, Tomic só participou na competição por duas vezes. Foi eliminado na 2ª ronda da fase de qualificação em 2010 e à 2ª ronda do quadro principal o ano passado, sendo parado por Marin Cilic.

Devido a ser o último torneio por parte de Roddick, podemos esperar um jogo bastante emotivo, onde o norte-americano terá o público bastante entusiasmado com a despedida do seu ídolo. Essa fator poderá mexer bastante a nível emocional com o jovem Bernardo Tomic, que não tem grande experiência neste género de situações. Por outro lado, o australiano é um tenista que gosta de desafios e o facto de ser a despedida de Roddick pode funcionar como um fator motivacional extra. A nível tático, podemos esperar um duelo com muitas trocas de bolas, onde o serviço do tenista da casa poderá fazer a diferença.

A Bet365 dá-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Erro
Número de sets: + de 3.5 1.40 Bet365
Roddick
Andy Roddick
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Bernard Tomic
Bernard Tomic
  • País: Austrália
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Luciano Larrossa
  • Próg. realizados 47
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 23
  • Próg. errados 21
comments powered by Disqus

Últimos jogos