Menu
  • 28 maio
  • 10:00
  • Dhoze

Andy Murray – João Sousa (Roland Garros)

A segunda ronda do Grand Slam de Paris coloca frente a frente dois tenistas em alta, cada um à sua medida. A excelente forma de Murray coloca-o no pódio da hierarquia mundial. A boa temporada em terra batida de Sousa aproxima-o do top-30. Há uma diferença de nível, claro, sublinhada pela estatística: o escocês venceu todos os confrontos diretos. O que não significa que o português vá deitar já a toalha ao chão.

O final de 2014 já dava boas indicações mas os quase cinco meses de competição desta temporada só vieram confirmá-las. Andy Murray está de volta ao seu melhor e apostado em capitalizar as épocas menos consistentes de Rafa Nadal e Stan Wawrinka. O escocês chega ao principal evento, que fecha a temporada, de terra batida sem uma derrota nesta superfície, apesar de não ser o seu piso favorito. Poder-se-á dizer que Murray escolheu a dedo os torneios em que participou. À exceção de Roma, onde abandonou antes do encontro dos oitavos que devia opô-lo a David Goffin, alegando fadiga, conquistou títulos em provas importantes nas quais Novak Djokovic não era uma das variáveis. O sérvio tem sido o grande carrasco de Murray esta temporada, até porque se têm cruzado com frequência. Não só o bateu em duas das quatro finais que disputou – no Open da Austrália (7-6, 6-7, 6-3, 6-0) e Miami (7-6, 4-6, 6-0) – como ainda o eliminou na semifinal de Indian Wells em sets diretos (6-2, 6-3). Mas em Munique e Madrid o número um mundial não esteve presente e aí Murray provou ser capaz de bater toda a concorrência, da mais modesta à mais exigente. No torneio germânico conquistou o título à custa de Philipp Kohlschreiber (7-6, 5-7, 7-6). Em Madrid bateu Rafael Nadal para se sagrar campeão, depois de já ter ultrapassado Milos Raonic e Kei Nishikori nas rondas anteriores.

roland garrosJoão Sousa está consciente do tremendo desafio que tem pela frente. Mas também já disse que vai de tudo para vencer. O português tem vindo a fazer uma temporada em terra batida muito positiva e na terça-feira carimbou mais uma boa exibição. Como reconheceu o vimaranense, o primeiro encontro num Major ou num grande torneio é sempre complicado. Mas João saiu-se muito bem da primeira ronda em Roland Garros, batendo o canadiano Vasek Pospisil em sets diretos (6-3, 7-6, 6-1). O quadragésimo quarto tenista do ranking ATP entrou confiante e rapidamente se viu a selar o primeiro parcial a seu favor e com o segundo muto bem encaminhado. Mas depois do 3-0 no segundo set Pospisil reagiu para se manter no encontro e, começou por ser bem sucedido. Conseguiu equilibrar o marcador e forçar a decisão em tie break. Não foi fácil mas o português fechou mais um set a seu favor e o canadiano, que regressava após lesão, quebrou, física e animicamente, no derradeiro parcial (6-3, 7-6, 6-1). Havia algum receio que João Sousa se ressentisse do acumular de jogos da semana passada, que o levaram à final do Open de Genebra, mas tal não se verificou.

Agora terá pela frente o britânico Andy Murray, atual número três mundial, e que está imbatível em terra batida neste ano de 2015. O português sabe que as probabilidades estão contra si, afinal foi derrotado nos cinco confrontos diretos que teve com o escocês. Mas se há uma altura em que se sente capaz de superar essa adversidade é agora. João Sousa sente-se bem, está centrado, confiante e não tem nada a perder. Cada ponto ganho ao adversário será uma vitória.

2015 Dubai Murray 2   6 6       R16
Sousa 0 0 2      
2015 Open da Austrália Murray 3   6 6 7     3R
Sousa 0 1 1 5    
2014 Masters de Cincinnati Murray 2   6 6       2R
Sousa 0 3 3      
2014 Acapulco Murray 2   6 6       R16
Sousa 0 3 4      
2013 Open da Austrália Murray 3   6 6 6     2R
Sousa 0 2 2 4    

A Bet365 oferece-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Mais de 28 Jogos 1.91 Dhoze
Andy Murray
Andy Murray
  • País: Inglaterra
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

João Sousa
João Sousa
  • País: Portugal
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1899
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 800
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos