Menu

Académica – Vitória de Setúbal (Liga NOS)

Tal como aconteceu na primeira, a Académica participa no jogo que encerra a jornada. Os “estudantes” desejam, no entanto, melhor sorte que no jogo diante do Paços de Ferreira, do qual saíram derrotados por 1-0. O Vitória de Setúbal viaja até Coimbra após ter empatado frente ao Boavista no último fim-de-semana.

A cidade de Coimbra estreia na Liga NOS 2015/16 com o confronto entre Académica e Vitória de Setúbal. Os homens de Viterbo querem fazer com que o fator casa seja um trunfo no percurso que a “Briosa” percorrerá na presente época. O desafio começa agora, frente ao Vitória de Setúbal, que encontra uma formação conimbricense à procura de recuperar da derrota inaugural com o Paços de Ferreira por 1-0. José Viterbo tem à sua disposição um plantel que, se conseguir provar em campo o valor que lhe é atribuído, conseguirá garantir a permanência sem sobressalto de maior. Além de ter mantido vários jogadores em relação à última época, – alguns são já verdadeiros “homens da casa”- recebeu dois jovens oriundos da Invicta que pretendem ganhar o seu espaço e, consequentemente, afirmarem-se: Leandro Silva e Gonçalo Paciência.

A Académica recebe nesta segunda jornada uma equipa “do seu campeonato”, que corre por garantir a permanência o quanto antes. O fator casa pode atribuir algum favoritismo aos homens que vestem de negro, mas nas últimas duas temporadas, o Vitória FC foi capaz de empatar a um nas visitas que realizou ao reduto estudantil. Na “Capital do Móvel”, pese embora a derrota, a Académica não deixou uma má imagem no que toca ao nível exibicional. Nesse mesmo encontro, o central Ricardo Nascimento acabou expulso por ter agredido o jovem Diogo Jota. Ficará, naturalmente, fora das contas para este encontro. Junta-se a Marinho no lote de indisponíveis, sendo que Rui Pedro e Ivanildo parecem 100% recuperados das respetivas lesões.

O Vitória Futebol Clube – assim oficialmente denominado – esteve quase a protagonizar uma estreia em grande. Faltou o “quase”. Os setubalenses deixaram escapar a vitória por entre os dedos, desperdiçando uma vantagem de 2-0 que guardavam ao intervalo. A um quarto de hora do fim da partida, com golos de Afonso Figueiredo e Luisinho, o Boavista saiu da cidade banhada pelo Sado com um empate a duas bolas.

Onze provável: Trigueira – Aderlan, Real, Iago, Emídio Rafael – Fernando Alexandre, Obiora, Rui Pedro – Bouadla, Nii Plange, Paciência.

Liga NOSEm relação à última temporada, a principal alteração prende-se com o comando técnico. Bruno Ribeiro, que manteve a equipa no escalão máximo, rumou ao Ludogorets – emblema que entretanto já abandonou. Quim Machado, treinador que na última época orientou o Tondela rumo à subida, é o sucessor. O Vitória de Setúbal dispõe de uma linha avançada interessante. O coreano Suk é apoiado de perto por André Claro, jogador da formação do FC Porto que deu cartas no Arouca. Mais atrás, André Horta, um dos jovens mais promissores no nosso campeonato que pretende afirmar-se ao serviço dos sadinos à semelhança do que sucedeu com o irmão.

Onze provável: Raeder – William, Pacheco, Venâncio, Pinto – Tavares, Horta, Claro – Ruca, Costinha, Suk.

O objetivo do Vitória passa por garantir a manutenção o mais depressa possível. Para cumprir com essa meta, convém arrancar melhor que na época passada, sob pena de perder demasiado terreno para a concorrência.

Vitória FC 0-0 Académica Primeira Liga 2014/15
Académica 1-1 Vitória FC Primeira Liga 2014/15
Prognóstico Odd Casa Erro
Empate 3.03 Dhoze
academica
Académica
  • País: Portugal
  • Estádio: Cidade de Coimbra
  • Cidade: Coimbra
  • Fundação: 1887

Ver ficha completa

vitoriasetubal
Vitória de Setúbal
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio do Bonfim
  • Cidade: Setúbal
  • Fundação: 1910

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1571
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 815
  • Próg. errados 679
comments powered by Disqus

Últimos jogos