Acabou a carreira sem derrotas do Nice na Ligue 1 e, ao final de doze jornadas, está lançada a época de caça ao primeiro lugar, com dois grandes nomes a mostrarem as garras e os dentes na busca desse objetivo. AS Monaco e Paris SG foram, também, os autores das maiores goleadas da semana.

A primeira derrota do Nice

lucien-favre-nice

Primeira derrota de Favre na Liga francesa

Depois de onze jogos sem derrotas, apenas dois empates, o Nice acabou por ceder a sua primeira derrota. Lucien Favre saberia que isso era inevitável, mas talvez começasse a acreditar que poderia atrasar o feito, sobretudo deixando a Liga Europa para segundo plano. Mas não, a primeira derrota do Nice surgiu no encontro frente ao Caen, uma equipa que até ao momento vinha fazendo um campeonato sem grandes razões para muito entusiasmo.

O golo surgiu pelo croata Santini, na marcação de uma grande penalidade, ainda na primeira parte. Lucien Favre acreditou que o seu onze titular poderia mudar o rumo das coisas foi levada ao cúmulo, apenas fazendo uma troca já em cima do minuto noventa, mas era uma guerra perdida. O Nice vê assim aproximar-se AS Monaco e Paris SG, ambos a apenas três pontos de distância na tabela. Até quando segurará o Nice o primeiro lugar?

Golos, golos, golos

falcao-monaco

Falcao bisou na goleada do Monaco

O AS Monaco é um dos ataques mais produtivos da Europa, tendo marcado por trinta e seis vezes na Ligue 1, mais doze golos que os ataques que seguem em segundo lugar, do Nice e do PSG. Na receção ao Nancy, dois golos de Falcao, aos 25 e aos 30, quebraram a resistência do adversário, com o resto da goleada (6-0) a ser finalizada no segundo tempo. Mbappe, Fabinho e Carrilo, por duas vezes, foram os autores dos golos monegascos.

O Paris SG recebia uma equipa que faz uma temporada muito interessante, acabando por beneficiar de um autogolo de Gelson Fernandes para abrir o marcador. O Rennes não evitou um segundo golo ainda antes do intervalo, por intermédio de Cavani, com Rabiot e Verratti a fecharem a contagem no 4-0.

Com o Guingamp a não ir além do empate em Dijon, num jogo em que foram marcados seis golos, o pódio está agora limitado a esta conversa a três.

Curtas da jornada

Primeira derrota para Rudi Garcia como treinador do Marselha, a não conseguir ultrapassar o Montpellier e a perder por 3-1 na abertura da jornada.

Vitória pela margem mínima para Bordéus e Lyon. Sinais de vida em conjuntos com ambição europeia. O Bordéus bateu o Lorient por 2-1, mesmo resultado da vitória do Lyon sobre o Bastia. Lacazette voltou aos golos.

O Toulouse completou o terceiro jogo sem vencer, agora com um empate a uma bola em Nantes. A equipa de Pascal Dupraz vai caindo na tabela classificativa apesar de manter um registo muito superior ao da época passada.

Mantém-se os sinais de preocupação para o Lille de Éder e Rony Lopes. Perdendo em Angers por 1-0, a equipa volta a cair nos lugares de despromoção.

Boas Apostas!