Pode ser que sim, que seja a jornada do título.

Para isso, basta somente que o SL Benfica faça o que lhe compete na sua deslocação a Guimarães, e vença o Vitória Sport Clube. É só disso que os encarnados precisam para se sagrarem campeões nacionais. 3 pontos é o que distancia o SL Benfica do título.

Mas pode nem ser necessária a vitória. Basta, ao SL Benfica, repetir o resultado do FC Porto. Se o FC Porto ganhar, o SL Benfica tem mesmo de ganhar para conquistar este fim-de-semana o título. Mas se o FC Porto empatar, ao SL Benfica basta empatar. E se o FC Porto perder, o SL Benfica pode sagrar-se campeão, mesmo perdendo o jogo com o Vitória Guimarães.

Está, assim, tudo encaminhado para que esta seja a jornada do título.

Em Guimarães

Com os jogos da penúltima jornada a serem todos jogados à mesma hora, às 18:00′ de Domingo, quando o SL Benfica entrar no Estádio D. Afonso Henriques, o FC Porto estará a subir ao relvado do Estádio do Restelo.

Nico Gaitán

Nico Gaitán está de regresso ao onze encarnado, ele que foi peça fundamental nos 3 a 0 da primeira volta

Guimarães é uma deslocação sempre difícil para os encarnados, mas é também um campo onde já foram felizes e, também, onde já viveram momentos de enorme tristeza. Mas este jogo do próximo Domingo é só importante para o SL Benfica, que corre para o título. O Vitória Guimarães tem o seu lugar na Europa assegurado, já não será ultrapassado pela equipa que o segue neste momento, o surpreendente Paços de Ferreira, de Paulo Fonseca, e só com muita sorte conseguirá ultrapassar a equipa que o precede, o SC Braga, de Sérgio Conceição, se bem que nada haveria a ganhar dessa ultrapassagem que não a honra entre equipas rivais (que não é de somenos, entenda-se). Rui Vitória estará no D. Afonso Henriques descansado para receber a equipa do SL Benfica, e poder fazer uma jogo tranquilo, sem pressões nem dramatismos.

Por seu lado, o SL Benfica está avisado. Depois do que já aconteceu em épocas anteriores, as águias estão conscientes que o campeonato é possível, mas que ainda não está ganho. E sabem que terão de entrar para ganhar em Guimarães. E que não poderão estar à espera, de ouvido na rádio, do que se passar no Restelo.

Jorge Jesus tem a equipa na sua quase máxima força. Falta Samaris, castigado. Mas ao fim de um ano em recuperação, está lá Fejsa, com fome de bola e, pelo que se tem visto nos poucos minutos que tem jogado, melhor que nunca. Tanto que, se se confirmar a sua opção, passa à frente de Rúben Amorim, Cristante e mesmo de André Almeida.

Nico Gaitán é outra das novidades. O argentino estará de regresso. Ele e o seu futebol espectáculo, funcional e prático.

As rotinas encarnadas mantiveram-se ao longo da semana. No fundo, este é mais um jogo para ganhar no longo caminho da águia para a conquista do bi-campeonato.

Na última jornada, o SL Benfica recebe o Marítimo, que esta semana treinou na Academia do Seixal e que levantou toda uma celeuma com o FC Porto pelo facto de o Marítimo ter ido treinar para casa do adversário da última jornada. Mas controvérsias à parte, o SL Benfica mantém um low profile, à espera do momento certo.

No Restelo

Por seu lado, em Lisboa, o FC Porto sobe ao relvado sabendo que tem como obrigação vencer o Belenenses sem contudo saber se isso lhe servirá para alguma coisa.

É que o FC Porto terá mesmo de ganhar aos azuis do Restelo se quiser ainda ambicionar tirar algum lucro de um possível desastre encarnado. Por isso, mesmo com um ambiente de desilusão latente, os dragões terão de lutar o tudo-por-tudo em nome da esperança.

Ricardo Quaresma

Na primeira volta, o FC Porto venceu, no Dragão, o Belenenses por 3 a 0

Mas este também não será um jogo fácil. O Belenenses tem a sua própria agenda, as suas próprias ambições e, se o Vitória de Guimarães já não corre para nada, nem foge de nada, o Belenenses ainda corre para uma vaga europeia, ganha pelo facto dos finalistas da Taça de Portugal (Sporting CP e SC Braga) estarem, já, em lugares europeus. E o Belenenses corre contra Paços de Ferreira e Rio Ave. Marítimo e Nacional, ainda podem fazer contas, mas já estarão fora desta pequena disputa, embora ainda joguem com Rio Ave e Paços de Ferreira. O Belenenses, depois do FC Porto, desloca-se a Barcelos, para defrontar o Gil Vicente, numa altura em que os minhotos podem já estar definitivamente despromovidos… Ou não. Por seu lado, o Paços Ferreira, que recebe este fim-de-semana a Académica, irá, na última jornada, à Madeira, defrontar o Nacional. O Rio Ave, que no Domingo defronta o Marítimo, na Madeira, irá receber em casa, na última jornada, o Sporting CP, sendo, das 3 equipas, a que tem o calendário mais complicado.

É neste contexto que o FC porto, a precisar de ganhar para manter a esperança, vai ao Restelo defrontar um Belenenses que irá ser um osso muito duro de roer.

Ao mesmo tempo, Jackson Martinez mantém a sua disputa privada com Jonas e Lima, na luta pelo Melhor Marcador. O jogador do FC Porto tem 20 golos, mais 2 que Jonas e mais 3 que Lima. Uma luta que também promete ser bastante interessante e intensa.

Como curiosidade, na primeira volta, tanto o SL Benfica como o FC Porto, receberam os seus adversários de Domingo e ambos venceram pelo mesmo resultado, 3 a 0. Como irá ser agora?

Na última jornada, o FC Porto recebe o já despromovido FC Penafiel. Num jogo que pode ter todo o interesse do Mundo, ou nenhum.

Boas Apostas!